COELHOS – Conselhos Gerais

Os coelhos são o terceiro animal de estimação mais popular em Portugal principalmente em lares que carecem de espaço físico ou disponibilidade de horários para acomodar um cão ou um gato. Contudo, apesar do seu pequeno tamanho, um coelho (anão ou de tamanho regular) é um animal que exige um grande nível de cuidado e de atenção por parte dos donos que não deve ser descuidado de forma a prolongar ao máximo o tempo de vida do animal e respectiva saúde.

COELHOS – Conselhos Gerais

12/07/2014 50
Imagem-de-destaque-2-red-685x385.jpg

Os coelhos são o terceiro animal de estimação mais popular em Portugal principalmente em lares que carecem de espaço físico ou disponibilidade de horários para acomodar um cão ou um gato. Contudo, apesar do seu pequeno tamanho, um coelho (anão ou de tamanho regular) é um animal que exige um grande nível de cuidado e de atenção por parte dos donos que não deve ser descuidado de forma a prolongar ao máximo o tempo de vida do animal e respectiva saúde.

ALOJAMENTO

Os coelhos são animais extremamente sociáveis e gregários e, quando possível, devem ser sempre alojados com outros indivíduos da mesma espécie. No caso de não se poder facultar espaço suficiente para dois ou mais animais é preferível optar por ter só um, uma vez que falta de espaço pode levar a lutas territoriais. Idealmente manter sempre juntos animais esterilizados. As jaulas escolhidas devem ter espaço suficiente para:

-que o animal se possa por de pé sem que as orelhas toquem no topo da jaula

-exista uma zona própria para fazer de litter (zona de micção e defecação)

-exista uma zona de alimentação onde se possa colocar a ração seca, o feno e os alimentos frescos.

A exposição directa ao sol é desaconselhada tal como a escolha de uma zona para pôr a gaiola que esteja sujeita a correntes de ar. Os coelhos são animais que necessitam de exercício físico diário pelo que se aconselha que sejam soltos pelo menos uma vez por dia por um período não inferior a meia hora.

Coelho na Jaula red

ALIMENTAÇÃO

Uma boa alimentação é sinónimo de saúde pelo que é importante ter conhecimento de qual a ideal para garantir um bom funcionamento digestivo. A escolha de um bom feno (não palha) é um ponto fulcral já que os coelhos necessitam de uma grande quantidade de fibra na sua alimentação diária. Este deve estar sempre disponível para o animal uma vez que é o que mais se assemelha à sua alimentação na natureza. As dietas comerciais formuladas para coelhos também podem ser facultadas mas nunca em quantidades excessivas uma vez que são muito ricas em determinados nutrientes e minerais que podem vir a ser prejudiciais para a saúde do seu animal. Vegetais (salsa, brócolos, espinafres, cenouras, chicória, endívia) e frutas frescas como maçã, pêra, manga, papaia, entre outros podem também ser incluídos na dieta do animal mas nunca em modo diário, principalmente as frutas, já que são muito ricas em açúcares que podem causar perturbações gastrointestinais.

Coelho - feno red

ACOMPANHAMENTO VETERINÁRIO

É de extrema importância realizar check-ups anuais ou até semestrais ao seu coelho de estimação. Nestes será realizado um exame ao estado geral do animal nomeadamente a observação da cavidade oral para detecção de alterações na conformação dentária, um dos problemas mais frequentes nos coelhos de estimação.

Coelho - Exame

VACINAÇÕES

Os coelhos devem ser vacinados contra duas doenças infecciosas: a mixomatose e a doença hemorrágica viral (DHV). A mixomatose é uma doença viral transmitida por pulgas e mosquitos ou por contacto directo. Entre os sintomas apresentados pelos animais infectados encontramos o inchaço da cabeça, nódulos nas pálpebras e nas orelhas, conjuntivite (cegueira) e dificuldade respiratória. A taxa de sobrevivência é muito baixa. A vacinação pode ser feita a partir das 4 semanas de idade e consiste em duas vacinações intervaladas de 6 semanas (primovacinação) e depois revacinações semestrais ou anuais consoante o risco presente. A DHV também é uma doença viral que é transmitida por contacto directo, artrópodes, carnívoros domésticos e pelo Homem. É uma doença de evolução hiper-aguda a sub-aguda caracterizada por hemorragias nasais súbitas, apatia e prostração, com taxas de sobrevivência muito baixas, tal como sucede na mixomatose. O protocolo de vacinação inicia-se após as 8 semanas de vida com 2 vacinas intervaladas 4-6 semanas, com revacinações anuais futuras.

Coelho - Vacinas red

DESPARASITAÇÃO INTERNA E EXTERNA

Desparasitações internas

Os coelhos não necessitam de desparasitações internas sazonais tão frequentes como aquelas que se realizam com os cães e com os gatos. Poderão ser realizadas de 6 em 6 meses ou anualmente a par da vacinação. Não esquecer que, caso o seu animal apresente episódios de diarreia, é importante na visita ao veterinário trazer uma amostra de fezes para se poder realizar um exame coprológico de forma a averiguar se o seu animal está parasitado e por que parasitas e assim proceder à sua desparasitação de acordo com os parasitas encontrados.

Desparasitações externas

Os parasitas externos nos coelhos podem ser pulgas, carraças, piolhos e ácaros, tal como sucede nos cães e nos gatos. Alterações cutâneas como descamação (“caspa”), zonas de rarefação do pêlo, orelhas com lesões crostosas e coçar-se incessantemente podem ser sinais de parasitas externos pelo que o dono deverá estar atento ao comportamento normal do seu animal para poder detectar estas alterações e avisar o médico veterinário. Nunca utilizar desparasitantes spot- on (pipetas) no seu animal sem aconselhamento veterinário visto que nem todos os produtos disponíveis para cães e gatos podem ser usados em coelhos.

Um conselho Bola de Pêlo, amigos para sempre!


50 comentários

  • Maria Santos

    10/09/2018 at 12:44

    Bom dia

    Tenho um coelho anão com 6 anos, que pesa 3,50Kgs. Anualmente leva as vacinas e é desparasitado. Come ração, vegetais e 2 vezes por semana dou-lhe 1 pouco maçã ou banana. A minha grande preocupação é que que ele não come feno, chega a estar semanas e ele não come, acabo por deitar fora. Poderá vir a ter algum problema de saúde por não ingerir feno?

    Obrigada

    Maria Santos

    Responder

    • Bola de Pêlo

      13/09/2018 at 10:41

      Cara Maria,

      A melhor dieta para um coelho é erva de boa qualidade e feno. As rações devem ser dadas mas em menor quantidade. Este tipo de alimento é indispensável para um bom funcionamento do tracto digestivo; além disso, as fibras vegetais (frescas ou secas) têm um papel extremamente importante no desgaste dentário, imprescindível para uma boa saúde oral (por os seus dentes serem de crescimento contínuo).

      Experimente mudar de marca e peça até conselho ao seu veterinário de modo a tentar introduzir-lhe o feno na dieta pois, se o conseguir, a saúde do seu coelho sairá de certeza beneficiada.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Joana

    08/09/2019 at 00:13

    Boa noite. Desparasitei externamente o meu coelho junto de outra entidade veterinária já por duas vezes e continuo a apanhar uma ou outra carraça algum tempo após a desparasitação. Inclusive da primeira vez percebemos que a pipeta não tinha sido a correta pois era apenas para pulgas e não surtia efeito em carraças mas a segunda pipeta já era apropriada para acabar com carraças. O que devo fazer? Grata pela atenção que possam dispensar.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      16/09/2019 at 14:34

      Boa tarde Joana.

      De facto, não há muitas alternativas no mercado, que se possam utilizar em coelhos, com resultado contra carraças. Deverá repetir a aplicação da mesma pipeta e, de forma complementar, perceber se existe alguma “fonte” no meio-ambiente, que não esteja a ser tratada – tudo dependerá do ambiente em que o seu coelho se encontra: perto de vegetação, convívio com outros animais, etc.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Marcia

    12/05/2020 at 09:27

    Olá, chamo-me Márcia, apanhei pulgas no meu coelho e pus a pipeta advantage 20 gato. Quanto tempo leva a pipeta a fazer efeito?
    Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo

      23/05/2020 at 22:50

      Boa tarde Márcia.

      A pipeta só tem efeito de um mês.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Thaisy Silva

    28/05/2020 at 04:43

    Olá, recentemente encontrei uma pulga no meu coelho que tratei imediatamente, pois ele está sempre em casa e tento manter o máximo de cuidado com ele. Porém estive observando as orelhas e notei um ressecamento, como se fosse soltando floquinhos de caspa, devo me preocupar!? O único animal com que ele tem contato é com o nosso cachorro de estimação!

    Responder

    • Bola de Pêlo

      05/06/2020 at 19:40

      Boa tarde.

      Pode ser só pele seca. No entanto, se vir que ele tem prurido, pode também tratar-se de uma infecção por ácaros, pelo que deve procurar a ajuda de um veterinário.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Ana Carvalho

    30/05/2020 at 22:52

    Olá,
    Agradeço, desde já, pelos conselhos.
    Tenho um coelho anão já com 4,5 anos que passa muito tempo solto por casa, juntamente com os cães e os gatos.
    Acontece que apanhamos pulgas nos animais e procedemos à desparasitação externa a partir de pipeta, à coisa de uma semana, aproximadamente.
    A farmacêutica indicou-nos uma pipeta que dava para gatos e furões e disse que podíamos aplicar no coelho.
    Não sabemos se é disso, mas ele encontra-se apático, com falta de apetite e já perdeu algum peso. É possível que esteja a fazer algum tipo de reação?
    A alimentação dele é à base de feno, fruta e vegetais e, nem sempre, ração.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      05/06/2020 at 19:43

      Cara Ana,

      Não lhe consigo responder sem ver o animal. Qualquer animal que se apresente apático, com falta de apetite e a perder peso, deve ser observado. Deverá marcar uma consulta para ele o quanto antes.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Luna

    26/06/2020 at 14:34

    Eu tenho um coelho de aproximadamente 6 meses de idade, faço a alimentação dele com bastante feno, pouca ração, alguns legumes e frutas de vez em quando. Tenho notado que ele anda lambendo muito o chão onde fica deitado ou sentado. Esse comportamento é normal? Devo-me preocupar?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      29/06/2020 at 13:33

      Bom dia.

      O hábito de lamber o chão ou as grades da uma gaiola, podem ter a ver com a a carência de alguns minerais na alimentação. Deverá por isso procurar a ajuda de um veterinário especialista em animais exóticos, para se tentar perceber se existe algum problema com o seu coelho.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Iva Guerreiro

    26/06/2020 at 22:18

    Boa noite.
    Tenho um coelho e neste momento está com pulgas; quais as pipetas que devo usar?
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo

      29/06/2020 at 13:34

      Bom dia.

      Poderá colocar pipetas Advocate 40 para Gato.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Miguel

        31/08/2020 at 03:15

        Olá, o meu coelho morreu tinha quase 3 meses.
        Ele já andava meio mole há uns 2 dias.
        Eu dei algumas vezes alface (já vi alguns comentários na net que não se deve dar) terá sido por causa disso?
        Em relação à alimentação, teve sempre feno limpo, ração e água limpa.
        Uns dias antes reparei que ele tinha pulgas (não sei bem porquê, pois ele está na varanda e não tem contacto com ervas e terra). E eu apliquei um spray antiparasitas que tinha do meu gato, terá sido por causa disso?
        Entretanto resolvi também aplicar a pipeta de gatos e furões, para a idade dele (comprei na Ornimundo).
        Consegue ajudar-me a identificar porque terá ocorrido a morte dele?

        Responder

        • Bola de Pêlo

          02/09/2020 at 20:50

          Caro Miguel,

          Não é possível perceber por que razão o seu coelho morreu, sem sequer o ter visto ou examinado, e sem descrição de sintomas. A aplicação de desparasitantes tem que ser cuidadosa, pois nem todos os produtos que dão para cães e gatos, podem ser aplicados com segurança em coelhos. O facto de ter aplicado vários produtos também poderia resultar em sobredosagem mas é algo que não posso confirmar, pelo que também não vale a pena especular.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

      • AMANDA SIQUEIRA DE FARIA

        11/11/2020 at 21:16

        Olá boa tarde
        Tenho uma coelha que come bastantes vegetais e algumas frutas e ração, mas já há uma semana que está ressecada, não está evacuando, estou a dar-lhe folhas de alface mas não está resolvendo, o que posso fazer?

        Responder

        • Bola de Pêlo

          12/11/2020 at 10:24

          Bom dia Amanda.

          A sua coelha pode não estar a ingerir fibra suficiente, sendo que a principal fonte de fibra deverá vir do feno. A alface não é um alimento indicado para coelhos, pois tem muito pouca fibra e bastante água, o que pode contribuir para a hipomotilidade intestinal. Se mesmo oferendo feno para ela comer, a motilidade intestinal não for restabelecida, deve levá-la ao veterinário.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Vânia Teixeira

    28/06/2020 at 14:27

    Boa tarde.

    Adquiri o meu coelhinho esta semana e ele ainda é pequenino, queria esperar até aos 3 mesinhos para a consulta ao vet e desparasitação. Ele coça-se (de vez em quando) e estava em contacto com mais coelhinhos, não sei se traz pulgas e eu não consigo identificar. Há algum desparasitante externo que eu possa aplicar em casa? Ele tem cerca de 6 semanas e não vai ter contacto com outros animais, está em casa. Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo

      29/06/2020 at 13:35

      Bom dia Vânia.

      Pode utilizar pipetas Advocate 40 para gato.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Nivia Costa

    14/07/2020 at 11:14

    Olá, boa tarde. Ganhei um coelho anão que tem 1 mês de idade, já há um dia e meio que está em casa e ainda não fez as necessidades além do xixi; tenho reparado que ele não tem bebido muito água e gostaria de saber se tenho de dar as vacinas já… Só tenho ele e vivo em apartamento… estou preocupada, com tudo isso. Obrigada desde já se conseguir-me ajudar.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      20/07/2020 at 11:00

      Bom dia Nivia.

      Se tem o coelhinho há pouco tempo, aguarde mais um pouco para ele se ambientar melhor. Quando lhe parecer que está tudo bem e que ele já está adaptado ao novo ambiente, pode então vaciná-lo.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • lucimara Oliveira de Moraes

    26/07/2020 at 02:21

    Gostaria de saber se posso aplicar 5 gotas de ivermectina no meu coelho. Ele te 5/6 anos e está com lêndeas no pêlo e coçando-se muito.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      06/08/2020 at 12:11

      Boa noite Lucimara.

      Só mediante consulta e respectiva pesagem é possível calcular a quantidade de Ivermectina a administrar a um coelho.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Juliana coelho

    03/08/2020 at 14:52

    Boa tarde, tenho um coelhinha com cerca de 3 meses e meio. Foi desparasitada e vacinada no passado mes de junho e julho. Neste momento ando preocupada com as suas fezes, têm sido muito moles e escuras. Não sei se foi alguma coisa que comeu ou algum parasita interno a fazer esta complicação. Será melhor ser vista por um profissional de saúde?

    Obrigada,
    Juliana Coelho

    Responder

    • Bola de Pêlo

      06/08/2020 at 12:12

      Boa noite Juliana.

      Sim, se há alteração na consistência e coloração das fezes, a sua coelhinha deverá ser observada por um veterinário, para aferir se existe algum problema digno de tratamento.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Paula R.

    17/08/2020 at 23:19

    Olá, tenho um coelho anão com 3 anos e nestes 2 últimos meses apanhei-lhe carraças. Agora estou preocupada, com medo que tenha apanhado alguma doença. Vou estar atenta a alguma alteração comportamental. Quais as doenças que podem apanhar e os seus sintomas? Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo

      18/08/2020 at 19:29

      Boa tarde Paula.

      O perigo das carraças em coelhos é poderem ser transmitidos a outros animais (cães e gatos) e a humanos. Os parasitas transmitidos pelas carraças não afectam os coelhos.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Regina Manuela Cabral da Cunha Silveira Guedes e Silva

    03/09/2020 at 17:20

    Boa tarde. Tenho uma coelha anã há 2 meses. Ainda não foi vacinada nem desparasitada. Será que estou atrasada? Por outro lado tem imenso pelo, parece mesmo uma bola de pelo (desculpe a utilização do termo). Será que pode ser tosquiada? Só se vêem os olhos. Obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      06/09/2020 at 18:59

      Boa tarde Regina.

      Os coelhinhos podem ser vacinados a partir dos dois meses, em como desparasitados. Quanto à tosquia, só convém fazê-lo a partir dos 6 meses, quando o pêlo de adulto já está formado. Não tem que pedir desculpa por usar o termo “bola de pêlo” – só prova que escolhemos bem o nome 😉

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Irene

    17/11/2020 at 13:41

    Boa tarde.
    Tenho um coelho mini holandês, com um mês de idade. Será que já pode ser desparasitado externamente? Qual o desparasitante e quantidade que lhe devo colocar? Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo

      17/11/2020 at 21:26

      Boa noite Irene.

      Sim, o seu coelho já pode ser desparasitado. Pode utilizar Advocate 40 Gatos. Pode aplicar-lhe uma pipeta, tal como se fosse um gato ou um cão.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • sandra

    03/12/2020 at 12:11

    Bom dia.
    Qual a escova adequada para o coelho, e quantas vezes deve comer por dia?
    Obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      04/12/2020 at 18:50

      Boa tarde Sandra.

      Uma boa escova para um coelho será a Furminator – existe uma mesmo específica para coelhos, mas pode utilizar as de gato ou cão pequeno.

      Em relação à alimentação, os coelhos comem, ad libitum, isto é, vão comendo sempre que querem. Eles deverão ter sempre à disposição, e sem qualquer restrição de quantidade, feno e água limpa. A ração própria para coelho é que deve ser dada de acordo com a quantidade sugerida, pois pode engordá-los muito e provocar alguns desequilíbrios alimentares caso a comam em excesso.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Ana Gaspar

        12/06/2021 at 11:51

        Bom dia, adquiri dois coelhinhos anões, ainda têm 1 mês e meio. Tenho de levá-los já ao veterinário? Ou espero pelos dois meses? Enquanto não vão ao veterinário podem estar na mesma em contacto com as crianças?
        Obrigada

        Responder

        • Bola de Pêlo

          17/06/2021 at 10:10

          Cara Ana Gaspar,

          Pode aguardar até aos dois meses para os levar ao veterinário, pois a vacinação só começa nessa altura (e aproveita-se para fazer também a desparasitação). Não haverá problema em estarem com crianças; basta que tenham os cuidados de higiene gerais.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Sara

    20/01/2021 at 16:06

    Boa tarde,

    Daqui por uma semana irei buscar um coelho anão, com cerca de um mês.

    Se fosse possivel esclarecerem me, deixo aqui algumas questões que me têm suscitado alguma confusão, porque com toda a informação existente sobre coelhos em sites,paginas e grupos, torna se dificil tomar a “melhor decisão” tendo em conta as opinioes e experiencias tao diferentes e divergentes.

    1. Alimentação:
    Devo dar lhe leite especifico complementar, tendo em conta que saiu de ao pé da mãe antes dos dois meses? Baseados na informação existente, estamos a pensar administrar na sua alimentação até aos 6 meses feno timóteo e ração versele laga cuni junior(meia chavena) diariamente em simultaneo com feno de alfafa 2 a 3x por semana. Aconselha?

    2. Vacinação e Desparasitação Interna e Externa
    – Quando devo proceder à vacinação e desparasitação interna? Já vi opiniões de 1 mês, 2 meses.
    -Para Desparasitação externa posso já administrar algum anti parasitario? Verifiquei algumas marcas no mercado como Biaphar e Francodex em pipetas, dizem ser anti parasitarios especificos para coelhos, furões e porcos da india, aconselha?

    É um coelho que vem de uma zona de campo, num meio de criação de animais (porcos da india,coelhos,galinhas,ovelhas) daí a minha preocupação relativa à vacinação mas sobretudo à desparasitação externa devido a parasitas que possa trazer consigo propensos do meio de onde vem.

    Grata pela atenção,
    Melhores cumprimentos

    Responder

    • Bola de Pêlo

      20/01/2021 at 19:18

      Cara Sara,

      Algumas das questões que coloca, nomeadamente em relação à idade em que deve fazer a vacinação e a desparasitação, estão esclarecidas no nosso artigo, bem como as questões alimentares.

      As restantes fogem ao âmbito deste blog e são já do foro de uma consulta; cada profissional irá aconselhar-lhe produtos de marcas diferentes, consoante aqueles com que está habituado a trabalhar e nos quais tem confiança.

      Deverá por isso, agendar uma consulta para o seu coelhinho para que, em conjunto com o exame físico realizado, lhe possam ser dados os melhores conselhos e mais adequados ao animal em questão.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Maria Pereira

    23/01/2021 at 22:25

    Boa noite,

    Estou a pensar comprar um coelhinho anão mas tenho algumas questões quanto à sensibilidade destes animais. Fui informada de que se assustam facilmente e por isso podem morrer de ataque cardíaco ou ataque epilético. Além disso, também li que podem morrer pela má adaptação ao novo habitat.

    Gostaria de saber qual a sua opinião em relação a este assunto, uma vez que tenho medo de adquirir o coelhinho e depois ele assustar-se ou não se conseguir adaptar e acabar por morrer.

    Grata pela atenção,
    Melhores cumprimentos

    Responder

    • Bola de Pêlo

      24/01/2021 at 18:30

      Cara Maria Pereira,

      É sabido que os coelhos são animais bastante sensíveis e assustadiços mas, sinceramente, não tenho conhecimento dessas características serem mais marcadas nos coelhos anões, e nem sequer são situações que aconteçam a “toda a hora”, pelo que não deve ser por isso que deixará de optar por adquirir um coelhinho.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Filipa

    29/03/2021 at 14:49

    Boa tarde

    Tenho uma coelha anã e já há algum tempo perdeu um pouco de pêlo no olho e não voltou a nascer, mas agora perdeu bastante pêlo nas patas de trás em grande camada. Aparentemente está bem mas estou preocupada se será uma doença de pele ou outra doença mais grave. Ela tem 2 anos e meio. Vive num pátio de 12m2 , dou alimento de pacote , barritas de cereais e feno. Não costumo dar alimentos frescos , só por vezes dou uma folha de couve e um pouco de maçã, mas raramente. Nunca foi vacinada . O que devo fazer?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      29/03/2021 at 15:18

      Boa tarde, Filipa.
      O que deve fazer é levar a sua coelha ao veterinário, uma vez que a situação que nos reporta só pode ser avaliada em consulta.

      A equipa da Clínica Veterinária Bola de Pêlo

      Responder

      • Adriana

        02/04/2021 at 02:46

        Boa noite. Tenho um coelho anão que me foi dado há cerca de 2 dias. Ele tem muito pelo e tem muitos nós no pelo. Não consigo por lá uma escova e muito menos uma tesoura porque tenho medo de o cortar. Mas tenho receio que essa situação lhe possa causar algum transtorno. O que me foi dito na loja onde o comprei foi que ele ficou assim por estar junto com outros coelhos e que quando for a mudança de pelo, irá cair, para eu não me preocupar.

        Responder

        • Bola de Pêlo

          02/04/2021 at 13:29

          Cara Adriana,

          Duvido que os nós caiam com a mudança do pêlo, pelo que o mais indicado será tosquiar o seu coelhinho. A partir daí, deverá escová-lo com regularidade, à medida que o pêlo vai crescendo, de forma a prevenir a formação de novos nós.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Pedro Rodrigues

    25/05/2021 at 15:27

    Boa tarde,
    Estou a pensar em arranjar um coelhinho anão com 1 mês para animal de estimação. Recomenda ir imediatamente ao veterinário?
    Que ração e que desparasitantes ( interno e externo) é que recomenda?
    Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo

      25/05/2021 at 19:44

      Boa tarde Pedro.

      Deverá ficar com o seu coelhinho em casa até aos dois meses; só nessa altura é que ele poderá ser vacinado e desparasitado. Conforme o peso que o seu coelhinho tiver na altura é que podemos decidir o tipo de desparasitante a utilizar. Quanto à ração, posso recomendar a Versele Laga.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Rute Casais

    09/06/2021 at 16:55

    Boa tarde,
    Tenho um coelho com 1 ano de idade que vive sozinho no exterior da minha casa e que só é visitado por mim uma vez por dia para o a alimentar e 2/3 vezes por semana, é solto para correr e saltar numa área maior do que a que fica diariamente, apesar de o espaço onde fica não ser pequeno.
    Ele nunca foi muito sociável, não se aproxima das pessoas mas costumava parecer bem quando estava perto de nós e não rosnava nem se atirava, por vezes apenas mordiscava.
    De há 3/4 meses para cá tem vindo a atirar-se sempre que nos aproximamos e rosna com frequência, e infelizmente isso fez com que reduzíssemos as visitas que fazíamos (as crianças ficam desconfortáveis). A única coisa que continua a permitir que eu faça sem rosnar é limpar-lhe a gaiola, mas quando vou por a comida na taça rosna e atira-se.
    Pode ajudar-me a saber o que o pode tornar mais dócil, por favor? Será que viver fora de casa não está a ser o melhor?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      17/06/2021 at 10:08

      Cara Rute Casais,

      O comportamento é sempre um área difícil da medicina veterinária, e especialmente em animais como os coelhos, com os quais não estamos tão habituados a lidar. De qualquer forma, uma coisa que poderá ajudar, ainda que leve o seu tempo, será esterilizá-lo. Em princípio, isso irá torná-lo mais dócil. O facto de estar a viver na rua não me parece prejudicial – diria até que é um coelho muito mais feliz – mas pode torná-lo territorial para todo esse espaço (confesso que não sei se os coelhos “funcionam” assim).

      Espero ter ajudado.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Beatriz Brito

    28/06/2021 at 11:36

    Boa tarde,

    Desde já agradeço a disponibilidade que tem para responder aos diversos comentários. A minha coelhinha tem quase 2 anos e eu estive fora durante 3 dias completos, tendo os meus vizinhos vindo tratar dela diariamente.
    Quando cheguei reparei que ela tem uma parte sem pêlo por trás da cabeça, e está parte está a deitar pele seca. Não vejo nenhum bichinho no pêlo dela e, além do mais, ela nunca sai de casa, simplesmente anda pela cozinha.
    Poderá ser algum parasita?

    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo

      01/07/2021 at 09:06

      Boa noite Beatriz.

      Sim pode tratar-se de uma infecção parasitária ou até fúngica. Deverá levar a sua coelhinha ao veterinário, para a observar e tentar identificar a causa da lesão, para instituir o tratamento adequado.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos assinalados com * são obrigatórios


© Copyright 2008-2021 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)