A Insuficiência Renal e o Apetite. Como Lidar com os Dois?

A maioria dos donos de gatos com insuficiência renal depara-se com um problema que pode comprometer seriamente a recuperação dos seus animais, numa crise renal aguda, que é a falta de apetite. São animais que em geral já apresentam um apetite caprichoso porque há um aumento da concentração da Ureia no sangue que, por sua vez, tende a acumular-se nas mucosas gástricas e intestinal, provocando irritação e ulceração locais.

A Insuficiência Renal e o Apetite. Como Lidar com os Dois?

31/07/2015 31
Gato-com-comida-humida-red.jpg

A maioria dos donos de gatos com insuficiência renal depara-se com um problema que pode comprometer seriamente a recuperação dos seus animais, numa crise renal aguda, que é a falta de apetite. São animais que em geral já apresentam um apetite caprichoso porque há um aumento da concentração da Ureia no sangue que, por sua vez, tende a acumular-se nas mucosas gástricas e intestinal, provocando irritação e ulceração locais.

Por norma, prescrevemos dietas com um menor teor proteico no tratamento da insuficiência renal, mas este teor de proteína também não pode ser extremamente reduzido porque pode conduzir a que se desenvolvam situações de anemia e caquexia, por grande perda de massa muscular. Por vezes, acaba por ser mais importante limitar o teor de fósforo da dieta e nem tanto o teor proteico.

Assim, se há gatos muito relutantes em aderir à nova dieta renal e que não ingerem por isso a quantidade mínima de alimento adequada à sua condição corporal, é preferível optar por uma dieta mais apetecível e usar apenas um quelante do fósforo (molécula que agrega algum do fósforo presente na dieta impedindo-o de ser absorvido) e não ficarmos tão obcecados com a necessidade de administrar uma dieta pobre em proteínas. A restrição proteica só será mais necessária numa fase mais avançada da insuficiência renal.

Outro cuidado a ter com os gatos insuficientes renais será assegurar a hidratação, pelo que ao oferecermos comida húmida de elevada qualidade, estamos a promover uma maior ingestão de água, que compensa as perdas causadas pela diminuição da capacidade de filtração renal. Além disso, como a alimentação húmida é geralmente mais palatável, ela é, por si só, um estimulante do apetite.

Um conselho Bola de Pêlo, amigos para sempre!

Joana Brito (Médica Veterinária)


31 comentários

  • Alexandra Vargas

    11/02/2016 at 11:02

    Mt obrigada por este tipo de informação , pois tenho um gato com 20 anos e que tem insuficiência renal e é sempre bom sabermos mais alguma coisa sobe esta doença que afecta inúmeros bichinhos

    Responder

    • Bola de Pêlo

      12/02/2016 at 00:07

      Olá Alexandra.
      Ainda bem que esta informação lhe foi útil. O nosso objectivo com este blog de saúde animal é precisamente fornecer informação a quem tem animais, para poder cuidar deles o melhor possível e prestar-lhes bons cuidados de saúde.

      Responder

      • Alexandra

        28/07/2021 at 20:11

        Boa tarde.
        A minha gata foi recentemente diagnosticada com insuficiência renal crónica. Tenho conseguido dar-lhe ração renal mas não come comida húmida renal, já tentei múltiplas. Tenho utilizado, em alternativa, a adição de quelante na comida húmida, que comia habitualmente. Gostaria de experimentar a dieta caseira. Como posso entrar em contacto convosco para formular uma dieta adequada às necessidades dela? Obrigada

        Responder

        • Bola de Pêlo

          30/07/2021 at 11:50

          Cara Alexandra,

          Grata pelo seu interesse.

          Precisamos apenas de saber quanto pesa a sua gata e quais as preferências dela em termos de carne ou peixe. Podemos formular uma ou mais dietas, sendo que cada uma tem um custo de 12,50 euros. Se mantiver o interesse na formulação, podemos enviar-lhe o nosso NIB para que efectue a transferência do valor respectivo para, posteriormente, lhe enviarmos a formulação.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

          • Ana filipa

            22/09/2021 at 07:16

            Olá, bom dia. Eu tenho um gatinho com 5 anos e descobri há 3 meses que está com insuficiência renal. Atá ao momento ele comia a ração da royal renal, só que há pouco tempo ele deixou de comer. Mas beber água, ele bebe muita. Então agora estou a dar comida húmida, só que mesmo assim ele não come. Tenho vindo a alimentá-lo pela seringa mas ele tem as gengivas vermelhas. Não sei se por isso, ele recusa-se a comer. Ele sofre, eu também, ao vê-lo assim, não sei o que fazer mas às vezes penso se ele sente dores ao ter esta doença. Não sei mesmo mais o que fazer.

          • Bola de Pêlo

            23/09/2021 at 15:09

            Cara Ana Filipa,

            A Insuficiência renal pode ser uma situação desafiante, tanto para os animais como para os donos, por requerer muita dedicação e atenção para o animal doente. Em primeiro lugar, deve reportar essas dificuldades ao veterinário que segue o seu gatinho, para que ele lhe reavalie a situação clínica e pondere, caso necessário, o internamento para fluidoterapia e controlo de eventuais sintomas como vómitos ou náuseas, de forma a recuperar-lhe o apetite e conseguir que ele coma sozinho.

            Joana Brito
            Médica Veterinária

      • Maria Manouilidis

        02/02/2022 at 18:14

        Boa tarde
        Tenho um gato persa com 15 anos e foi detectado insuficiência Renal. Ele está bem mas tive que mudar toda a alimentação para ração seca e molhada, as duas específicas para problema renais . Ele bebe muita água e o veterinário ensinou-me a forçar ele a comer. Dou na boquinha dele. Mas ele come sozinho também mas não muito. A seca ele não está aceitando, gosta da molhada que é da Royal canin renal suporte. Tenho uma pergunta por favor: existe algo que poderia dar a ele para abrir o apetite, além da comidinha molhada?
        Obrigada

        Responder

        • Bola de Pêlo

          03/02/2022 at 21:40

          Cara Maria,

          A melhor via será sempre por ir forçando a alimentação, para estimular o seu gato a comer. Por vezes resulta, dar-lhes alguma comida fora do pratinho, por exemplo, o gato está deitado e colocamos alguns baguinhos de ração à frente da boca dele, ou damos comida na nossa mão, enquanto lhes fazemos festas, etc…

          Existem medicamentos cuja indicação não é estimular o apetite, mas podem ter esse efeito, como a mirtazapina. Contudo, esta só deve ser administrada se soubermos que o fígado funciona bem, pelo que é preciso ter alguma cautela na sua utilização.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

          • Rosinei

            29/05/2022 at 16:48

            Descobrimos há um mês que a minha gata está com insuficiência renal, mas ela ainda não se alimenta sozinha.
            Ela está sem apetite, e não quer comer a ração renal, tanto seca como húmida.
            Gostaria da vossa ajuda, como eu faço para estimular ela a voltar a comer sozinha?
            E ela está magra, não sei se estamos dando a quantidade correta de alimento para ela.
            Preciso urgentemente de ajuda.

          • Bola de Pêlo

            02/06/2022 at 14:59

            Cara Rosinei,

            A nossa ajuda pode ir apenas no sentido de lhe formularmos uma dieta caseira para problemas renais, que possa ser mais estimulante para a sua gata, e facilitar a ingestão voluntária de alimento.

            Também deve dar esse feedback ao veterinário que acompanha a sua gatinha, para ela ser devidamente avaliada e ponderar eventual necessidade de fluidoterapia e algum tipo de medicação que ela ainda não esteja a fazer.

            Joana Brito
            Médica Veterinária

  • Andressa

    22/10/2020 at 21:40

    Boa tarde!
    Qual seria a melhor ração renal para gatos com diagnóstico de doença renal mas sem sintomas?? Proplan ou Royal Canin??

    Responder

    • Bola de Pêlo

      27/10/2020 at 16:50

      Boa tarde Andressa.

      A escolha de uma ração de tratamento para um animal, deve basear-se, para além da qualidade, na forma como ele a come. Se o animal gostar e a comer bem, deve mantê-la. É indiferente ser Pro Plan, Royal Canin ou outra marca. Desde que seja um alimento adequado para problemas renais e que o seu gato aceite bem, está tudo bem.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • BRUNA FERNANDES DA SILVA

    21/03/2021 at 15:18

    A minha gata foi diagnosticada com insuficiência renal, iniciou a troca da ração, sendo esta ração renal. No entanto ela não quer comer mais essa ração. O que posso fazer? O que devo considerar na ração que não é renal caso tenha que voltar a administrar outra ração que seja mais palatável? Compro um quelante de fósforo? Ou tenho que administrar um estimulante de apetite para ver se ela come a ração renal?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      22/03/2021 at 10:17

      Cara Bruna,

      Antes de pensar em fazer qualquer alteração na alimentação, a sua gata deve ser reavaliada, uma vez que a falta de apetite pode não se dever apenas ao factos dela não gostar dessa ração, mas sim de os valores renais terem piorado e ser necessário algum tipo de abordagem mais agressiva. Depois de avaliada essa parte, converse com o veterinário que segue a sua gata, para tentarem encontrar a forma que melhor controla a situação da sua gata.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Anita Roque

    08/04/2021 at 01:57

    Boa noite,
    Eu tenho 2 gatas seniores que estão com IRC, estádio 1. Eu tenho neste momento o meu armário repleto de ração renal que comprei para elas experimentarem e que elas comeram no início mas depois deixaram por completo. Já experimentei de todas, até a Vetlife…que 1 delas tolera mas não adora!
    A única que é unânime no gosto e elas até comem-na razoavelmente bem é a Advance renal. Acontece que alguns veterinários já me disseram que esta ração não é de grande qualidade. Por outro lado, outros já me disseram que até é bastante boa. Neste momento e tendo em conta que estão a perder algum peso, optei por comprar a advance renal e ponto! Ainda assim queria saber a vossa opinião e também gostaria de saber que rações húmidas podem sugerir para elas comerem, sendo que comida húmida renal nem vê-la!
    Eu tenho optado pela comida húmida schesir (só gostam das que contêm fiambre) e todas as adequadas para seniores que encontro. Escusado será dizer que quanto melhor em qualidade, menos elas gostam…
    Muito grata pelas respostas.
    Anita

    Responder

    • Bola de Pêlo

      14/04/2021 at 10:49

      Cara Anita Roque,

      No que toca à insuficiência renal, a falta de apetite é sempre um calcanhar de Aquiles, pois costuma ser um problema muito comum e bastante difícil de resolver. Muitas das vezes, o que interessa é que eles comam… Claro que se conseguirmos dar um alimento adequado para o problema em questão é óptimo, pelo que se as suas gatas comem bem a Advance Renal, mantenha assim. A ração é de boa qualidade e não há razão para pensar o contrário. Quando dá algum alimento que não é adequado para esta condição clínica, deve juntar um quelante do fósforo (geralmente são produtos na forma de pó que se colocam por cima da ração).

      Se estiver na disposição de cozinhar para elas, também pode optar por rações caseiras especialmente formuladas para esse fim. Caso deseje, nós podemos formular uma dieta específica.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Marina Boschilia

    06/06/2021 at 00:57

    Olá, boa noite, tenho um gato persa de 15 anos. Ele tem bom peso e está super bem, sem sintomas, comendo a ND ancestral grain e adora. Levamos ao veterinário para vacinar e fizemos exame de sangue. A creatinina subiu no último ano, creio que por conta da própria ração que ele tanto gosta. A veterinária disse para dar ração renal, mas ele não come. Ficou triste, parecendo doente. Como seria a dieta caseira ou o uso do quelante? Fomos falar com a veterinária dele hoje e ela não deu atenção. Como ele não gosta da ração renal, ficou triste e apático e voltamos a dar a ND ancestral até saber o que fazer ..

    Responder

    • Bola de Pêlo

      08/06/2021 at 14:41

      Cara Marina,

      A utilização de quelante na ração é possível, mas ela só vai impedir que haja uma absorção excessiva do fósforo, não alterando nada a nível da creatinina. O que pode fazer é experimentar outras marcas de ração renal (seca ou húmida) e tentar encontrar alguma que o seu gato coma com agrado. Também podem experimentar uma dieta caseira, mas terá que ser sempre formulada por um veterinário, para ser balanceada e adequada ao problema de saúde do seu gatinho. Caso deseje, nós podemos fazer essa formulação (tem um custo de 12,50 euros); contudo, o caminho mais fácil será o de experimentar gamas comerciais.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Margarida Machado

    15/07/2021 at 21:38

    Boa noite. Tenho uma gata bengal com 14 anos e começou a ter os valores da função renal alterados.
    Como todos os gatos não gosta de ração renal e temos vindo a experimentar de tudo. Gostava de saber como obter a dieta caseira.
    Como solicitar e efetuar o pagamento da mesma.
    De facto já pensei em misturar peixe cozido ou carne à ração húmida.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      20/07/2021 at 10:34

      Cara Margarida.

      Gratos pelo seu interesse. Peço desde já desculpa, pela demora na resposta.

      A formulação de uma dieta caseira tem um custo de 12,50 euros. Se quiser que lhe formulemos uma dieta caseira para a sua gata, deverá dizer-nos prefere uma dieta à base de carne ou peixe (ou ambos e aí conta como duas formulações), bem como o peso desejável da sua gata (caso esteja magra, deve basear-se no peso que ela tinha antes de se diagnosticar a insuficiência renal).

      Caso esteja interessada na formulação da(s) dieta(s), deverá fazer-nos chegar o comprovativo de pagamento para lhe enviarmos a mesma posteriormente.

      Os melhores cumprimentos,

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Adriana Campos de Oliveira

    07/10/2021 at 17:38

    Boa tarde, sou do Brasil e achei muito bom seu site e suas informações. Estou com uma gata renal que começou rejeitar todas as reações renais que dou a ela. Está comendo apenas ração úmida, e se eu oferecer a ração normal ela come bem até demais. Vi que você faz cardápio de alimento feito em casa pelos tutores, como estou em outro pais gostaria de saber como faço para ter acesso a esse cardápio.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      12/10/2021 at 14:45

      Cara Adriana, boa tarde.

      Podemos formular a dieta pretendida, tendo a mesma um custo de 12,50 euros. Para isso, precisamos de saber o peso actual da sua gata, a idade e qual a preferência dela em relação à fonte proteica: carne ou peixe. Podemos enviar-lhe o nosso IBAN para que possa efectuar o pagamento e, em seguida (não é imediato) enviaremos a respectiva formulação caseira para poder experimentar e ver como ela a aceita.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sonia

    15/11/2021 at 17:12

    Boa tarde
    Tenho um gato persa com 9 anos, que foi diagnosticado com pedras nos rins. Já experimentei quase todas as rações Renal, não gosta de nenhuma! Está inclusive muito magro, com cerca de 3.4Kg.
    Gostaria de experimentar as receitas naturais, sendo que o meu gato gosta de frango, mas pelo menos agora, também me parece que gosta do peixe.
    OBG

    Responder

  • Luciana

    26/01/2022 at 02:05

    Olá!
    Tenho um gato com início de problemas renais. Não aceita ração renal, anda com vómitos. O que eu faço? Como funciona as comidas caseiras e o uso do quelante?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      31/01/2022 at 12:21

      Cara Luciana,

      A primeira coisa a fazer é levar o seu gato ao veterinário para avaliar realizar análises e avaliar bem o estado de saúde dele. Em função desses valores, será instituído o tratamento mais adequado.

      Quanto à alimentação, nós disponibilizamos o serviço de formulação de alimento caseiro, com um custo de 15 euros.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Samanta de Matos Silva

    02/03/2022 at 23:54

    Olá, Dra. Joana.
    Gostaria de tirar uma dúvida. Tenho uma gata de 11 anos com doença renal crónica, somente um rim funcionando e ela deixou de comer há 3 semanas, tem comido muito muito pouco. Ela está com ureia 68,8 mg/dL, creatinina 1,8 mg/dL, relação proteína ureia de 0,38 e no ultrassom teve sinais de isquemia renal no rim que está funcionando. Ela toma omeprazol, ondosetrona e telmisartana regularmente, vem apresentando vómitos esporádicos há 4 semanas. Os veterinários dizem que não tem o que ser feito, gostaria de pedir uma ajuda e orientação no que fazer, ela está bem, brinca e caça, tem apetite e vem pedir por comida, mas não consegue comer. Poderia me ajudar, por favor, Dra. Joana? Desde já agradeço.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      04/03/2022 at 11:06

      Boa tarde, Samanta.

      Há medicamentos que, apesar de não servirem para esse fim, têm a capacidade de estimular o apetite. Deverá pedir ao seu veterinário que receite algo desse género. Enquanto ela não come voluntariamente, a alimentação deve ser forçada com alimento húmido adequado.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Soraia

    16/03/2022 at 01:24

    Boa noite, o meu gatinho persa de 7anos está com insuficiência renal crónica e a médica que o segue disse que tinha que fazer fluidoterapia 2 vezes por semana e comer ração renal. Eu dou-lhe da royal canin renal mas ele estava todas as semanas a perder peso. Então comecei a dar frango cozido e ele adorou, come bastante e até ganhou peso. Mas a médica disse que ele não pode comer porque contém muita proteína. Mas sempre que tiro o frango ele começa a perder peso e a ficar mais frágil. Não sei o que fazer. Mas estou mesmo em pensar em dar na mesma o frango cozido e optar por comida natural.

    Responder

    • Bola de Pêlo

      17/03/2022 at 15:22

      Cara Soraia,

      Se o seu gato come melhor outro tipo de alimentação que não a dieta renal, há a possibilidade de utilizar suplementos que são quelantes, bloqueando a absorção de alguns minerais que são nefastos para os rins. Para além disso, há outros de contribuem para eliminação da ureia, dando uma ajuda complementar, quando não se consegue obter o efeito benéfico de uma dieta apropriada. De qualquer forma, deverá sempre expor esta situação ao colega que segue o seu gatinho, para perceber o que será melhor para ele.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Eliane Terezinha Furlan Carvalho

    13/06/2022 at 14:37

    Tenho um gato de 7 anos, que há poucos meses apresentou um quadro renal, mas também apresentou um quadro de infecção intestinal crónica. A médica veterinária indicou a ração renal e Ómega 3, os primeiros 15 dias comeu bem a ração, mas agora não quer mais comer. Ele quer a ração que dou para o outro gato que tem problemas gastrointestinais. Este outro gato come a ração específica para gastrointestinal. Gostaria de saber qual seria a ração mais indicada para ele, devido a estar com esses dois problemas, a renal ou a gastrointestinal?

    Responder

    • Bola de Pêlo

      18/06/2022 at 19:32

      Boa tarde Eliane.

      A mais indicada será sempre a ração renal, devido ao mais baixo teor de proteína e fósforo. Mesmo que ele não goste da ração renal que lhe está a dar, deve procurar outra marca para experimentar e ver se ele gosta de alguma outra diferente. No caso de não conseguir que ele coma a ração renal, pode dar a ração intestinal adicionando um quelante do fósforo (existem diversos suplementos veterinários desse tipo), mas não será o ideal.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos assinalados com * são obrigatórios


© Copyright 2008-2022 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)