O que há por trás das Raças?

14/12/2013
dog-pet-adoption-red.jpg

Gosta de cães ou de gatos? Por certo até tem a sua raça preferida… De facto há raças espantosas tanto de cães como de gatos, cada uma com as suas características particulares, quer sejam em relação à beleza ou às aptidões e temperamento.

Poderá ser razoável, pensar em comprar um cão ou um gato de determinada raça por se esperar à partida um determinado temperamento. Mas já pensou na quantidade de animais que existem em canis e associações protectoras? Se pensar bem, por cada animal criado propositadamente para vender diminuímos a hipótese de um animal de abrigo ser adoptado. E todos os anos, milhões de animais saudáveis são eutanasiados, simplesmente porque não há espaço nem recursos financeiros para os manter. Para já não falar que grande parte dos animais vendidos provêm de instalações de criação em série (as chamadas Puppy Mills), em que lhes são negados os cuidados de saúde a sociabilização e o exercício. Alguns animais são, ainda, sujeitos a viagens angustiantes, escondidos na bagagem, para que quem os despacha não pague taxas nem gaste dinheiro em profilaxia e documentos que atestem o seu bom estado de saúde. E muitos deles nem terminam a viagem…

Por tudo isto, pense muito bem antes de comprar um animal. Se faz mesmo questão de ter um animal de uma raça específica informe-se acerca do criador, tente obter referências e, de preferência, tente visitar as instalações e conhecer os pais do animal em questão. Se não faz questão de ter um animal de raça, visite os canis municipais e as associações que recolhem e protegem animais abandonados. Entre tantos para escolher, será difícil não haver um único que não o conquiste…

Um conselho Bola de Pêlo, amigos para sempre!

Joana BritoFoto Dra. Joana Brito (Médica Veterinária)

 

 


2 comentários

  • Rosa Maria Dias

    14/12/2013 at 18:10

    Muito interessante Drª Joana, vai ao encontro da minha opinião. Apesar de gostar de uma ou duas raças, fui buscar o Boris a um canil e o Billy foi de uma ninhada de uma pessoa conhecida. Qd vejo os 4 patas nas lojas gostava de os comprar só para os tirar de lá . Um bom fim de semana.

    Responder

  • Ana Carvalho

    31/01/2014 at 15:21

    Tenho actualmente dois cães e adoro animais em geral. O primeiro cão que adoptei foi comprado a uma criadora muito boa, é um weimaraner espectacular e já tem quatro anos. Há pouco tempo resolvi que a família precisava de um novo membro de quatro patas e a minha primeira ideia foi permitir ao meu cão conceber uma ninhada (tem várias pretendentes interessadas) e ficar com um filhote.
    Por outro lado para quê trazer ao mundo mais cachorros quando há tantos sem casa e outros tantos com casa mas tão mal tratados? Pesquisei bastante e encontrei uma ninhada inteira também de raça, neste caso cães de fila de são miguel (sem registo oficial mas com todas as características), respectiva mãe e tia que estavam aos cuidados de FATs porque o dono tinha falecido e os herdeiros não quiseram saber dos animais. Adoptei uma cadelinha e estamos muito satisfeitos!
    Julgo que mais veterinários e opinion makers deviam aconselhar os potenciais futuros donos a pesquisar em primeiro lugar os animais dos abrigos e canis e só em último caso optar por comprar, e sempre, sempre verificar a origem do animal!

    Responder

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos assinalados com * são obrigatórios


© Copyright 2008-2017 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)

Powered by iFlexi OpenSite