Vantagens das Rações Veterinárias (ou Super Premium)

01/10/2014
Cao-e-gato-a-comerem-racao-imagem-de-destaque-red.jpg

Sabia que uma nutrição apropriada é agora considerada o quinto sinal vital a ter em conta depois da temperatura, pulso, padrão respiratório e presença de dor para aferir o estado de saúde de um animal? E isto acontece porque dos três elementos que condicionam a vida de um animal (genética, ambiente e nutrição) a nutrição é o único que nós profissionais podemos manipular de forma a melhorarmos uma performance, prolongarmos a longevidade e gerir um estado de doença num animal.

Na hora de escolher a melhor ração para o seu animal de companhia, muitos donos de animais ficam confusos e não sabem muito bem se o elevado custo das rações super premium (disponíveis em clínicas veterinárias e lojas da especialidade) se prende só com a questão da marca ou se representa, de facto, uma grande vantagem em relação a outras rações bastante mais económicas como as disponíveis nos supermercados.

Cao comendo racao

Existem alguns mitos relacionados com este mercado gigantesco das rações que podem fazer com que algumas pessoas tendam a desconfiar da qualidade das rações veterinárias e achar que não são tão diferentes assim das outras rações ditas de gama baixa, uma vez que também elas recorrem aos cereais, aos subprodutos animais, fibras, etc., na composição da ração. Por isso é necessário perceber porque é que esses produtos aparecem:

1) Cereais – devem ou não estar presentes? O milho, por exemplo, presente em muitas rações, é um alimento excelente graças ao seu elevado valor nutritivo. É uma fonte rica em proteínas, carbohidratos, fibras, antioxidantes e ácido linoleico. Ao contrário do que é dito, o milho é altamente digerível, desde que previamente cozido. Quando incorporado nas rações, ele passa por essa etapa. Muitas vezes os cereais que integram uma ração são tidos como os principais responsáveis pelo aparecimento das alergias alimentares, mas o milho não é dos mais frequentes, assim como o arroz, também bastante utilizado.

2) Subprodutos – Alimentos de segunda categoria? Existem produtos alimentares menos nobres que se enquadram nesta categoria, como as vísceras de animais, a gelatina, o caldo de carne, as farinhas, os óleos alimentares, etc. As farinhas de carne, por exemplo, deverão ser feitas com partes saudáveis do frango que incluem carnes brancas e escuras, bem como vísceras (fígado, rim, pulmão, coração, etc). Quando utilizados com cuidado e resultam do processamento de produtos que também podem ser utilizados na alimentação, os subprodutos têm a particularidade de serem fontes concentradas de proteína, logo muito nutritivas, e com reduzido teor em cinzas e consequentemente em fósforo, que pode ser prejudicial para o funcionamento renal. Além disso aumentam muito a palatibilidade dos alimentos. Subprodutos que resultam  do processamento de partes de animais que são consideradas lixo (penas, bicos de aves, cascos, etc.), como acontece no fabrico de rações baratas de má qualidade, não devem ser incorporados nas rações.

3) Carne – Quanto mais carne tiver a ração, melhor ela é? Esta deve estar presente na composição das rações, mas em grandes quantidades pode ser contraindicada para animais mais velhos, pois contribui para a presença de níveis excessivos de sódio, cálcio e fósforo, elementos que podem conduzir a maiores problemas renais e cardíacos. Depois de satisfeitas as necessidades proteicas básicas, proteína a mais na dieta não traz nenhum benefício, antes pelo contrário, pelo que uma ração com maior concentração proteica não é necessariamente uma melhor ração. E atenção: 25% de carne fresca não corresponde a 25% de proteína, uma vez que grande parte desta percentagem é apenas humidade que desaparece no precessamento da carne.

4) Legumes e fruta – Qual a utilidade? São fontes ricas em fibra e carbohidratos complexos que contribuem para uma manutenção mais eficaz dos níveis sanguíneos de glucose, aumentam a sensação de saciedade e favorecem o trânsito intestinal, factores a ter em conta quando queremos controlar doenças como a diabetes e a obesidade.

É certo que muitos destes componentes não fariam parte da dieta normal de um cão ou gato em estado selvagem, mas os nossos animais também não estão nesse estado e há, por isso, que encontrar algum compromisso entre o que é natural e aquilo que é possível oferecer-lhes para lhes proporcionar uma alimentação saudável.

Gato comendo racao red

Existem alguns aspectos que podem ser bons indicadores da qualidade da comida que está a dar ao seu animal:

a) Quantidade diária: quanto menor a quantidade indicada melhor a qualidade da ração, uma vez que o animal fica saciado com uma porção menor. Com uma ração barata, é necessário dar ao animal uma quantidade muito maior para se conseguir a mesma equivalência energética. Alguns animais acabam por nem sequer comer essa quantidade toda porque se fartam, mas também não satisfazem as suas necessiades calóricas diárias. Também por essa razão, uma ração mais económica nem sempre significa uma poupança de dinheiro uma vez que, sendo as quantidades diárias superiores, necessitamos de comprar mais sacos de ração para o mesmo período de tempo, o que representa uma despesa maior que o que nos é dado parecer  quando fazemos uma comparação directa dos preços;

b) Aspecto do pêlo e pele: deve ser brilhante e denso em vez de baço, quebradiço, a soltar-se com facilidade e pele descamada;

c) Volume de fezes: grandes volumes fecais indicam que grande parte da ração que o animal ingere não está a ser digerida, nem aproveitada.

d) Por vezes surgem ainda problemas de saúde associados às más rações como: infecções urinárias recorrentes, gastro-enterites, colites, problema articulares, problemas de pele e obesidade.

Cao e gato a comerem racao - imagem interior artigo red

As rações veterinárias recorrem aos melhores ingredientes e a sua composição baseia-se numa investigação incrível que veio contribuir grandemente para o prolongamento da esperança média de vida dos nossos animais, uma vez que é possível prevenir e tratar doenças através da alimentação. E estes aspectos justificam plenamente o seu custo mais elevado. Não deve por isso ser encarada como uma despesa, mas sim como um investimento, uma vez que está a “comprar” a saúde do seu amigo de 4 patas!

Um conselho Bola de Pêlo, amigos para sempre!

Joana BritoFoto Dra. Joana Brito (Médica Veterinária)


219 comentários

  • Susana Martins

    02/10/2014 at 12:44

    Olá drª Joana gostei do artigo. por acaso dou ração Purina(balance) à Sasha, que contém um pouco de tudo.
    E em relação à foto eu enviei e já vi que está no vosso site; obrigada por estar sempre disponível, para me esclarecer quando tenho dúvidas.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      02/10/2014 at 21:04

      Olá Susana.

      Ainda bem que achou interessante! Sim, essa ração é bastante boa e isso viu-se no pêlo dela!

      Responder

  • António Narciso

    02/10/2014 at 20:37

    Viva, Drª Joana!

    Parabéns pela qualidade dos artigos que escreve. É importante termos a opinião de quem sabe, expressa de uma forma clara e rigorosa, sobre as dúvidas que nos assaltam.

    Cump.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      02/10/2014 at 21:10

      Caro António Narciso, grata pela sua opinião! Fico contente por ter ficado esclarecido e já sabe: sempre que tenha alguma dúvida, terei muito gosto em ajudá-lo a si e ao Woody!

      Responder

  • Daniela Alves

    26/02/2015 at 20:36

    Muito Boa Noite,
    Gostei imenso do artigo, obrigada!

    Estou assoberbada com tanto que tenho lido em busca da melhor ração para os meus dois cachorinhos.
    Neste momento (passo a publicidade) eles comem Royal Canin Linha Size (Mini Júnior), recentemente foi-me aconselhada a Sam´s Field por algumas pessoas.

    Tenho lido coisas boas e más sobre ambas, mas as opiniões são tantas que acabam por me dividir.

    Na sua opinião, qual a melhor ração que posso dar aos meu pequenotes?

    Obrigada 🙂

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      26/02/2015 at 21:34

      Boa noite Daniela.

      Antes de mais, agradecemos o seu comentário ao nosso artigo.

      É sempre difícil eleger uma determinada ração como sendo a melhor do mercado até porque, por muito boa que seja uma ração, há sempre animais que não se dão bem, outros que não gostam, etc. De qualquer forma, seguindo as premissas indicadas no referido artigo, de entre as marcas mais conhecidas do mercado, a meu ver, e pela experiência que tenho tido ao longo dos anos, considero a Hill’s uma das melhores marcas de rações. E digo isto porque no caso particular das dietas para doenças específicas, elas funcionam mesmo, pelo que assumo que a qualidade das rações fisiológicas será idêntica.

      Claro que há muito mais marcas que também serão boas, certamente, mas o mercado é tão vasto que é impossível conhecê-las todas.

      Desejamos-lhe uma boa escolha!

      Joana Brito

      Responder

  • Daniela Alves

    27/02/2015 at 13:57

    Obrigada pela resposta, deu-me uma boa ajuda!

    Responder

  • Eduardo

    03/06/2015 at 12:05

    Bom dia Doutor,

    Tenho um Golden Retriever de 1 ano e meio, já dei alguma rações como Royal, Pro Plan, Natural, e agora estou com o Biofresh, ele enjoa muito facil das rações, por isso tantas trocas.
    Tenho lido bastante e hoje dou a Biofresh pois vejo que não tem corantes e nem conservantes e sem transgenicos.
    Gostaria de saber o que acha dessa ração e se essa historia de conservantes e transgenicos é verdade ou mito?
    E gostaria de saber se poderia me indicar algumas caso essa não seja uma boa ração.

    Muito obrigado por todas as explicações

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      03/06/2015 at 15:04

      Boa tarde Eduardo, obrigada pelo seu contacto.
      Não me posso pronunciar em relação a essa ração uma vez que não a conheço. De qualquer forma, pode você mesmo tentar fazer uma avaliação da mesma, comparando a composição que vem descrita na embalagem, com as dicas que vêm referidas no artigo (pode também ler outro artigo relacionado http://www.boladepelo.pt/tantas-marcas-de-racao-como-escolher/), para tentar perceber se a ração que utiliza é de facto de boa qualidade.

      Em relação à utilização de conservantes, estes terão sempre que estar presentes, uma vez que estamos a falar de um alimento que é processado e embalado e que tem que se aguentar durante muito tempo. Interessa é que sejam conservantes que não sejam muito nocivos para a saúde, claro, mas eles têm que existir. A utilização de cereais transgénicos, não sei se é verdadeira ou não mas sinceramente não é algo que me preocupe. Por vezes a alteração genética de certos cereais faz-se, eliminando um gene que “regula” determinada doença da planta, que apenas vai fazer com que esta se torne mais resistente a uma potencial infecção, sem que esta mutação tenha qualquer efeito na vida/saúde do animal que vai consumir essa mesma planta (seja um cão, um gato ou até mesmo nós).
      Joana Brito

      Responder

  • Liliana

    16/06/2015 at 12:41

    Boa tarde Dr.ª Joana Brito,
    tenho um Bulldog Francês com um ano e um mês e esta questão da alimentação fui e é um dos meus problemas. Como sabe esta é uma raça que “aspira” o que encontra e até a ração, mas o meu aspira tudo o que encontra mas nada de ração. Há dias que come muito bem outros que nem toca na comida.
    Quando era cachorro veio do criador com uma ração muito má (ração Royal Canin das mais baratas) e com muita diarreia…Dei a Royal Canin Gastrointestinal (tratamento) e depois troquei para a Royal Canin Raça p/ Bulldog Francês e não lhe agradou…mudei para a Pro Plan Sensivite Salmão (por causa do pelo e problemas de pele) e lá foi comendo aos poucos. Contudo, tinha as fezes muito moles e por vezes liquidas, em que cheguei a etr que dar novamente a Royal Canin Gastrointestinal. Agora com 12meses para mudar para adulto, e como tem Low Grain, comecei a dar a Sam’s Field de Salmão & Batata. Porque como ele fazia coco muito molinho disseram-me que podia ser pela ração ter muito cereal e as melhores são sem cereais. Ainda pensei na Taste of the wild, mas para não ter uma mudança drástica escolhi esta!
    Até tem gostado, as vezes come muito outros dias nem por isso…Mas agora ao ler este seu artigo em que refere:
    – “Volume de fezes: grandes volumes fecais indicam que grande parte da ração que o animal ingere não está a ser digerida, nem aproveitada.”
    Ele por média faz 3/4x por dia, e quando estou presente controlo sempre as fezes e já reparei que às vezes quando faz é em maior quantidade (não são grossas mas são mais). Não sei se é normal, porque até é um cão pequeno não sei como pode fazer tanto de uma vez só! 🙂
    O que você acha?

    Obrigado pela sua atenção

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/06/2015 at 17:02

      Cara Liliana,

      Sendo o seu cão um Bulldog Francês, e sendo esta raça muito peculiar no que toca a eventuais alergias do foro dermatológico e gastrointestinal, não se pode colocar esta hipótese de parte, até porque já teve a experiência de lhe dar uma ração para problemas gastro-intestinais e ele reagiu bem, o que pode ser indicador de que há um problema de base. Se ele elimina um grande volume de fezes, isso pode querer dizer que há uma parte do alimento que o organismo dele tem dificuldade em digerir/absorver. Essa situação deverá ser investigada, por meio de consulta e exames complementares de diagnóstico para se excluirem as possíveis razões para isso acontecer. A qualidade da ração pode ser apenas uma de muitas razões para não se dar uma boa digestão do alimento e não é possível sabê-lo sem outro tipo de intervenções clínicas.

      Joana Brito

      Responder

  • Daniel

    04/09/2015 at 21:32

    Olá ! Tenho três pinschers e estou-lhes a dar como ração specific gostaria que me desse conselhos e me caraterizasse a tal . E gostaria de saber se é uma boa ração comparada com a royal canin e a hill’s.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/09/2015 at 12:42

      Caro Daniel,

      A Specific é uma ração super premium, tal como as marcas mais conhecidas que referiu: Hill’s e Royal Canin. A diferença principal desta ração é ter uma composição à base de peixe em vez de carne (a fábrica é na Dinamarca, à beira mar, pelo que obter o peixe para a formulação da ração fica muito barato). Por ser composta maioritariamente por peixe, é muito rica em Ácidos Gordos Essenciais (AGE), pelo que se nota que os animais que a comem têm um pêlo muito brilhante com reduzida descamação cutânea. Geralmente também não há grandes perturbações gastro-intestinais, porque estes AGE têm um forte carácter anti-inflamatório. É de facto uma excelente ração, a um preço mais acessível e que portanto recomendamos.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • cristina oliveira

    18/10/2015 at 13:52

    Boa tarde Dra. Joana

    Tenho um rough coolie com 5 meses que está a comer royal canin puppys. Ele come bem mas entretanto coça-se muito e tem uma caspa no pelo. Já levou pipeta advantix para prevenir eventual infestação embora não se veja nada na pele que apesar de dificil para ver apresenta-se branca sem pruridos. Já dei um banho com Nizoral e a caspa saiu mas apareceu quando ele se começou novamente a coçar. Haverá uma ração melhor para a pele? Qual o seu conselho por favor.

    Obrigado
    Cristina

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      19/10/2015 at 13:16

      Boa tarde Cristina,
      Com todas as reservas que devo ter em relação ao caso que me expõe, uma vez que não sei se a mudança de ração será um factor determinante ou não, aconselho que experimente uma ração à base de peixe, uma vez que terá um teor de ácidos gordos superior ao das rações à base de carne. Também pode experimentar uma ração sem cereal.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • bruno

    08/11/2015 at 21:05

    Ola, boa noite, tenho um pastor alemao que neste momento tem 5 meses e estou a dar-lhe a ração specific gostava de saber se é uma boa ração para ela ter uma vida e saude boa.

    obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      09/11/2015 at 16:36

      Bruno,
      A ração Specific é um excelente ração e com uma relação qualidade/preço muito boa. Por ser composta por peixe, mais rico em ácidos gordos essenciais, resulta muito bem quer na consistência das fezes, quer no aspecto do pêlo e da pele. Desde que esteja a dar a Specific Puppy Large Breed e a mantenha até aos 18 meses (idade em que termina o crescimento da sua cachorra), ela estará muito bem alimentada.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

      • bruno

        09/11/2015 at 20:32

        Olá,

        Tenho uma dúvida, dizem que os pastor alemão têm problemas de anca, e de ficarem com as patas traseiras bloqueadas, gostaria de saber quais os cuidados a ter para um dia mais tarde a minha cachorra não sofrer desse problema.

        Mais uma vez muito obrigado

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          12/11/2015 at 12:45

          Olá Bruno,
          Os cães de raça Pastor Alemão podem de facto desenvolver muitos problemas osteo-articulares. Contudo, esse tipo de problemas podem estar relacionados com factores genéticos, ambientais ou degenerativos, sendo que apenas temos capacidade para controlar os factores ambientais. Estes podem ser: o ambiente em que o animal se encontra (se está dentro de casa, se está no exterior, tipo de piso onde se movimenta), o tipo de alimentação que lhe oferecemos (daí ser importante dar uma dieta de alta qualidade), a intensidade e a frequência da actividade física, fazer uma correcta suplementação de condroprotectores durante o período de crescimento do animal, etc. Se tivermos cuidado com os pontos referidos já estamos a fazer a nossa parte. Depois é torcer para que a Natureza não nos pregue partidas!
          Joana Brito (Médica Veterinária)

          Responder

  • marisa

    23/11/2015 at 01:27

    Boa noite dr°a Joana
    Tenho duas cadelinhas, uma chiuhauhua e uma yorkshire de 5 e 4 anos respectivamente. Comiam royal canin para a raça específica delas, mas a chiuhauhua começou a ganhar muito peso. Então a conselho da veterinária, mudei a ração de ambas para a Hills metabolic. A chiuhauhua perdeu 500gr em 2 meses. Agora noto que fica com muita fome, “chora” depois de acabar a refeição. Está a comer 42gr de ração diária mas vejo que não a satisfaz. O que me aconselha? Trocar para uma ração fisiológica? Muito obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      23/11/2015 at 16:32

      Cara Marisa,

      A ração Metabolic da Hill’s é de muito boa qualidade e, como vê, dá resultado. A vantagem também, é que pode ser ingerida por animais gordos e magros porque, mesmo que um animal que não necessite de perder peso a coma, não vai perder peso por causa de comer essa ração. Assim sendo, havendo mais do que um animal em casa, não se coloca o problema de termos que dar uma ração diferente a cada um. A par disto também se pode assumir que a velocidade com que cada um perde peso também não será igual, mas também isso é respeitado e não temos que deixar de dar essa alimentação aquele que atinge o objectivo em primeiro lugar. No seu caso, pode manter ambas as cadelinhas com a mesma ração até que ambas tenham o peso desejado e depois então fazer uma transição para outra.

      Se as suas meninas estavam com uns quilinhos a mais é natural que agora não fiquem saciadas com a quantidade que lhes está a dar, mas elas não ficam subnutridas por isso. A ração é equilibrada e dá-lhes tudo o que elas precisam. O que pode acontecer é que esteja a fazer uma redução bastante drástica e elas sintam a diferença por falta de adaptação. Imagine que um animal tem 8 Kg e o peso correcto dele é de 5. Não vamos logo de início dar-lhe a quantidade que ele deveria comer se tivesse os 5 kg; teremos que dar primeiro a quantidade ideal para os 7 kg, um mês mais tarde para os 6 e assim em diante, para que o animal tenha tempo de se adaptar a refeições mais pequenas.

      De qualquer forma, nada como expor essas dúvidas e partilhar os seus receios com o colega que habitualmente segue as suas cadelas.

      Os melhores cumprimentos,

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • bruno

    08/12/2015 at 19:59

    Ola, boa noite

    Tenho um pastor alemão de 6 meses que estou a dar a ração specific mas ele demora muito tempo a comer uma quantidade de ração da-lhe para todo o dia, posto isto estou a pensar em mudar de ração porque acho que ela não gosta muito porque demora muito a comer e está muito tempo com a mesma ração. Gostava de saber a sua opinião e se é melhor mudar de ração. Mudar para a ração advance será uma boa escolha, e uma boa ração?

    Mais uma vez obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      10/12/2015 at 22:28

      Caro Bruno.

      Na escolha da ração, para além da qualidade da mesma, temos sempre que ponderar também a aceitação por parte do animal. Não adianta dar-lhe a melhor ração do mercado se ele pura e simplesmente não lhe toca. Se o seu cão não come a porção diária que é suposto para lhe dar a energia que ele necessita, deverá então pensar em mudar de ração. A ração Advance também é uma boa ração, equivalente à Specific. Faça a experiência com o seu cão. Pode ser que ele coma com mais satisfação.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Rui Almeida

    18/12/2015 at 16:54

    Olá Dra. Joana! Já li os comentários, mas mesmo assim queria pedir a sua opinião. Estou a dar desde os 2 meses a ração specific à minha cadela, tem 9 meses e é uma american staffordshire terrier (ou apbt, não tenho a certeza), pesa à volta dos 17/18kg. Será a ração mais aconselhável para esta raça? Pergunto porque ela apesar de comer (quando lhe apetece, uma vez que tem comida à descrição!) achava que ia crescer um pouco mais e não sei se é ou não da ração (também não sei se já parou no crescimento, as pessoas dizem-me que já não deve crescer mais). Vejo várias pessoas a falar bem da ração taste of the wild, que é mt boa para este tipo de raça. Queria a opinião de alguem que perceba do assunto 🙂 Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      19/12/2015 at 15:38

      Olá Rui.

      Não consigo acrescentar grande coisa ao que já foi dito. Não há “uma ração ideal para uma determinada raça”. Há boas e más rações e devemos, claro está, escolher uma boa ração, mas os efeitos que vamos observar não iguais em todos os animais. A ração Taste of the Wild é uma ração Super Premium, sem cereais. Pela lógica será ainda melhor que a Specific. Será uma questão do Rui experimentar e ver como é que a sua cadela se dá com ela. Diria que à partida irá dar-se bem, mas nada como experimentar.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Daniel

    27/12/2015 at 15:41

    Olá Dra. Joana . Nós não devemos trocar regularmente de rações ? Com tantas rações no mercado nós temos curiosidade de ver como reagem os nossos cães, querendo cada vez que fique mais económica , mas ao mesmo tempo que seja super premium .
    Dou aos meus 4 pinschers royal canin x-small, o que os veterinários cá na minha zona aconselham mais , mas fica-se sempre com dúvidas.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      28/12/2015 at 14:18

      Caro Daniel,

      A sua pergunta é interessante uma vez que a maior parte dos donos têm alguma dificuldade em aceitar que os animais comam sempre a mesma coisa ao longo da sua vida.

      Não há qualquer inconveniente em manter a mesma ração, se ela é adequada aos nossos animais e se constatamos que a saúde deles é mantida, em grande parte, pela qualidade da alimentação. Da mesma forma, também não há inconveniente nenhum em darmos rações diferentes, desde que sejam mantidos os padrões de qualidade das mesmas e que vejamos que os nossos animais não se ressentem com as alterações (diarreias, maior queda de pêlo, perda de peso, etc…).

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • bruno

    09/01/2016 at 20:47

    Olá,

    Tenho uma dúvida, a minha cadela tem 8 meses e entrou agora na fase do cio, e está com falta de apetite, isso é normal?

    Muito obrigado, cumprimentos.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/01/2016 at 17:28

      Bruno, poderá ser normal, mas trata-se de um sinal muito inespecífico, pelo que se achar que há algo mais que não está bem, deverá levar a sua cadela ao veterinário, para ser examinada.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Aurora

    16/01/2016 at 17:21

    Tenho uma cadela em que a mãe é rafeira e o pai e um yorks. ou caniche porque a cadela está com os dois. A minha cadela tem 7 meses e já foi esterilizada, cai-lhe muito, muito pêlo, estou a dar uma pasta de homega, dei-lhe ração de salmão e continua a cair. Estou com problemas em escolher a ração. Algumas têm tocoferóis que dizem que é cancerígeno, outras têm pouca carne ou só vestígios ou derivados; fico tão confusa que não sei o que comprar. A cadela é pequena e pesa 4Kg e meio. Agradeço ajuda.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/01/2016 at 18:07

      Para uma Yorkshire aconselho Hill’s Small & Miniature Puppy. O primeiro ingrediente é carne e é uma ração super premium. Deve também descartar possíveis problemas dermatológicos porque o facto de ter o pêlo baço e de notar queda acentuada pode não ser responsabilidade exclusiva do alimento administrado.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • manuel

    16/01/2016 at 22:10

    Olá, estou a dar aos meus animais a ração orlando e às vezes também eco+. Gostava de saber se é uma comida de boa qualidade ou não.

    obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/01/2016 at 22:36

      Não. A Orlando é uma das piores rações do mercado. Fabricada à base de muitos subprodutos animais, pouco nobres, é responsável por pêlos baços, peles secas e com descamação e fezes bastante volumosas e de cheiro intenso. Os animais que as comem também sofrem com frequência de flatulência, dada a digestão difícil. Desaconselhamos fortemente. De resto este artigo é sobre rações veterinárias (ou Super Premium) e não sobre rações de “supermercado”.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sandra

    21/01/2016 at 12:27

    Olá Dra. Joana, estou com um dúvida acerca das rações para os meus yorkshires. Tenho 3, e 2 dele comem muito bem, sem algum tipo de problema, no entanto tenho outro que enjoa muito facilmente as rações. Da Royal Canin já comprei todas as possíveis e ela enjoa na mesma, desde mini junior, yorkie junior, yorkie adult, mini adult, a mini exigent, ela acabou por as enjoar todas. A minha pergunta é, a nível da gama veterinária da Royal, a ração acaba por ser diferente? Pergunto isto porque existe uma adult small dog veterinary. Ela de momento está a comer hills small & miniature adult, mas penso que daqui a um tempo vai enjoar também, o que se torna um problema por causa dos outros dois que acabam por comer tudo e andam a trocar de ração constantemente. Aconselha-me alguma específica para os que comem bem e outra para a que enjoa? Ou devo manter a mesma nos 3? Eles gostam muito da Royal mas também gostam da Hills. Entre ambas, a qualidade é semelhante? Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      21/01/2016 at 12:51

      Cara Sandra, quando temos mais do que um cão, se todos se encontrarem mais ou menos dentro do mesmo patamar de idades e não há nenhuma condição específica que obrigue algum animal a comer uma dieta específica, o mais fácil será optar sempre pela mesma ração para todos. Assim sendo, no seu lugar, elegia duas ou três marcas de boa qualidade e que a tal cadelinha mais esquisita comesse. A partir daí iria variando entre as três, de forma rotativa, para evitar que ela enjoe os diferentes alimentos. Só terá que ter o cuidado de, uns dias antes de terminar uma ração, começe logo a misturar com a que lhe vai a seguir (para não haver alguma perturbação gastro-intestinal).

      Entre a Hill’s e a Royal Canin não haverá grande diferença em termos de qualidade. A Hill’s tem a vantagem de ter sabores diferentes dentro do mesmo tipo de ração (a Small & Miniature tem sempre o mesmo sabor, mas a Adulto mini já existe em frango, e, borrego e salvo erro, em atum). Boas escolhas!

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sandra

    21/01/2016 at 13:02

    Obrigada pela sua resposta. Para ser mais específica tenho 2 machos de 5 anos e uma fêmea de 1 ano ( esterilizada ). Os machos comem bem, estão ambos acima do peso e não consigo que baixem de peso, já lhes dei a mini light da Royal e neste momento estão a comer a Mini para cães esterilizados. A fêmea é a que enjoa as rações, da Royal por enquanto vou parar uns tempos para depois tentar dar de novo. De momento come a hills small and miniature adult e está a gostar, os outros de vez em quando vão lá ” roubar-lhe ” alguma comida. Seria preferível mudar também os machos para a hills? Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      21/01/2016 at 13:08

      Sim, experimente mudar para a Hill’s Neutered Dog (específica para cães esterilizados) e pode ser que ela também goste. Caso contrário, mantém a cadela com a Small and Miniature e dá a Hill’s Neutered Dog aos cães.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sandra

    21/01/2016 at 13:12

    E a hills metabolic? Poderá também ser uma opção? Para os machos. Até poderei misturar a small and miniature com uma das outras para não terem tendência a ir comer a dela, o que acha? Ela é a que está esterilizada, os machos não estão, mas ela não engorda. Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      23/01/2016 at 10:40

      A Hill’s Metabolic também pode ser uma boa opção, até para a cadela, porque ela não perderá peso por estar a comê-la. Pode parecer estranho, mas a forma como a Metabolic funciona tem a ver com a genética de cada animal. Ela apenas vai fazer com que animais gordos percam peso e o mantenham, mas não vai fazer um animal normal ficar magro. Caso a sua cadela também goste desta ração, ela também poderá comê-la sem problema algum.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Luís Coutinho

    31/01/2016 at 20:06

    Boa noite.

    Excelente artigo, e o que diz faz sentido. Contudo, tenho duas questões a colocar. A Drª diz, e bem, que os nossos animais de estimação já não vivem em estado selvagem, mas não é verdade que o organismo dos cães, especificamente, se mantém quase igual ao do lobo, sobretudo ao nível do aparelho digestivo (no meu caso, tenho um Pastor Alemão jovem, com cerca de 1 ano 3 meses). Havendo a possibilidade, não será melhor preferir uma dieta natural equilibrada (a chamada dieta BARF), com as quantidades adequadas de carnes (cruas); ossos carnudos (crus); vegetais, frutas, fibras etc.? Qual a desvantagem disto?

    Em segundo lugar, eu sei que a indústria das rações para animais (de estimação e outros) movimenta fortunas imensas e os lóbis também existem neste campo. Ora, sabendo que a tentação de fazer cada vez mais dinheiro é muito grande para todos mas principalmente para as grandes corporações, que quanto mais têm mais querem, como posso eu confiar que aquilo que vem escrito na descrição dos conteúdos das rações (principalmente das mais caras, onde os roubos e as falsas informações em princípio podem ocorrer com mais facilidade) corresponde efectivamente ao que as mesmas contêm? É que sendo esta uma indústria milionária, até as entidades encarregues do controlo da qualidade das rações podem ser compradas com os subornos que certamente muitas vezes lhes são oferecidos pelos lóbis ligados a esta indústria. Na minha opinião, até os próprios veterinários podem ser enganados por este tipo de esquemas ou mesmo aceitar conscientemente subornos para direccionarem os donos dos seus pacientes para rações mais caras sem que estas representem efectivamente uma mais-valia para os animais em termos de saúde.

    Como pode o comum humano saber qual a melhor ração para o seu animal de estimação (sem ser com base no preço), enfim, aquela que de facto NÃO CONTÉM elementos que prejudicam a saúde do animal (por exemplo, químicos desnecessários ou que sirvam apenas para o animal ficar viciado em determinada ração por causa da vertente comercial)? Como posso ter a certeza de que o fabricante não me está a enganar e sobretudo que a ração não contém elementos prejudiciais?

    Porque é que é possível (ou sequer devemos) confiar nas autoridades encarregues do controlo da qualidade destes produtos se elas próprias não são imunes à corrupção?

    Peço desculpa se as perguntas lhe parecem agressivas ou despropositadas, mas é que quanto mais conheço a espécie humana mais gosto da canina…

    Obrigado pela sua paciente ajuda,

    Luís

    PS – O que me diria da ração Petfield Premium? E da Luposan/Markus Muhle? A Acana e a Orijen são mesmo aquilo que dizem ser?

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      31/01/2016 at 21:56

      Caro Luís,

      As suas perguntas não parecem agressivas nem despropositadas, mas se não confia na rotulagem de alimentos para animais, também não devia confiar na rotulagem dos alimentos para consumo humano. Muitos deles são fabricados pelas mesmas empresas e controlados pelas mesmas entidades. E acredite que há interesses ainda maiores no âmbito do consumo humano, nomeadamente nos produtos alimentares para bebés e crianças. De qualquer forma, será mais fácil confiar na Hill’s, por exemplo, do que em rações de marca branca vendidas em supermercados.

      A alimentação BARF é sem dúvida uma alimentação correcta e saudável, e a que mais se assemelha ao que um cão em estado selvagem procura para se alimentar. Mas quantos de nós, nos dias que correm, têm tempo para cozinhar para o seu animal, quando nem sequer temos tempo para cozinhar para nós? E se optar por comprá-la (em vez de fazer em casa), também não fica barato e nem toda a gente consegue adquiri-la. Além disso, o artigo fala sobre rações e o objectivo é apenas dar algumas indicações simples para os consumidores poderem perceber (mesmo que duvidem daquilo que está escrito nas embalagens) se o seu animal está a processar bem a ração que lhe está a ser oferecida.

      Das rações que refere conhecemos moderadamente a Orijen e a Acana (a variedade é tanta que é impossível estarmos perfeitamente informados em relação a todas as marcas). Da experiência que temos tido são rações realmente boas, precisamente por não terem cereais e terem ingredientes de excelente qualidade na sua composição.

      De qualquer forma, cada dono é livre de escolher aquilo que quer dar aos seus animais e deverá por isso informa-se o melhor possível quando opta por um alimento comercial.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Luís Coutinho

        02/02/2016 at 12:16

        Dr.ª Joana Brito,

        Muito obrigado pela sua amável resposta e pelo tempo que dedicou às minhas questões. Fiquei esclarecido.

        Muito obrigado,

        Luís Miguel Coutinho

        Responder

  • bruno

    09/02/2016 at 10:12

    Olá, tenho uma pastor alemão de 9 de meses, estou a dar a ração advance e disseram-me para mudar para a ração dibaq. Isto será uma boa ração, visto que nunca ouvi fala desta ração? Será melhor do que a advance? Aconselha a dar à minha pastor alemão? Mais uma vez muito obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      09/02/2016 at 16:55

      Caro Bruno,
      Também nunca ouvimos falar nessa ração. O mercado das rações é vastíssimo; é impossível conhecê-las a todas. Investigue, informe-se e tome uma decisão consciente.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • bruno

    09/02/2016 at 21:32

    Olá, muito obrigada por nos ajudar a tirar as nossas dúvidas. Obrigada.

    Responder

  • Daniel

    10/02/2016 at 14:07

    Gostava de saber se conhece a ração exclusion Mediterrâneo, se a conhecer diga-me o que acha. Quando me informaram é uma ração super premium e é daquelas que cá no nosso país não é muito conhecida , é parecida com a tecnhi-cal e sam’s field.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      11/02/2016 at 11:52

      Caro Daniel, lamento mas não conhecemos essa ração.

      Responder

  • Peddo

    03/04/2016 at 14:35

    Boa tarde. Ouvi falar de uma ração para cão da marca libra de salmão. Ouvi tb uma comida da marca decathlon que tem uma boa relação qualidade/ preco. Gostaria de saber a sua opinião e qual a ração que aconselha nessa gama de preços (cerca de 30 euros um saco de 15kg). Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      04/04/2016 at 21:11

      Pedro, só conheço essas rações de nome, nunca trabalhei com elas, pelo que não posso dar a minha opinião acerca das mesmas.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Daniela caetano

    04/04/2016 at 06:42

    Olá boa noite,
    Eu tenho 2 rafeirinhos já adultos e 1 rafeirinho com aproximadamente 3/4 meses (não sei ao certo a idade pois andava perdido na rua e eu fiquei com ele) de porte médio. Gostaria que me aconselha-se uma ração de qualidade preço razoável visto que são 3.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      04/04/2016 at 21:08

      Olá Daniela,
      De acordo com o que já foi dito, a Specific enquadra-se nas características que procura, pois tem um boa relação qualidade/preço.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Joana Teixeira

    05/04/2016 at 08:01

    Bom dia Drª Joana, estou a dar actualmente royal canin neutered satiety balance aos meus dois gatos uma vez que a minha gata tem tendência para engordar, por isso andei a pesquisar rações sem cereais também e comprei uma embalagem pequena de natural greatness, noto que não comem tanta quantidade, nomeadamente a minha gata. Mas já lhe tentei dar à mão ambas e ela não comeu. (Foi depois de comer parte da que lhe pus no prato) Será que é porque a sem cereais que misturei tem mais proteína e ficam mais saciados ou porque não gostam? obrigada!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/04/2016 at 16:02

      Joana,

      De facto pode ser qualquer uma das hipóteses. Também não tenho como saber. Só a Joana poderá aferir melhor a razão deles ingerirem menos comida, através da observação do comportamento dos seus gatos.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Luis morais

    07/04/2016 at 11:11

    Bom dia

    Tenho um pastor alemão com 3 meses, qual a ração que me aconselha?
    Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      07/04/2016 at 14:52

      Não pretendemos fazer publicidade a nenhuma ração em especial, até porque há muitas rações de qualidade disponíveis no mercado, cujo preço varia, bem como a aceitação por parte dos animais. Qualquer uma das rações que já referimos em respostas anteriores são boas decisões contudo, a sua escolha também irá depender do dinheiro que estiver disposto a despender.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • pedro

    10/04/2016 at 02:19

    Boa noite. Gostaria de saber uma raçao/marca para labrador com preço por volta dos 30 euros um saco de 15 kg. Gostaria muito que me possa ajudar. Cumprimentos

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      10/04/2016 at 11:03

      Conforme já referido, não pretendemos fazer publicidade a nenhuma marca de ração. Dentro das marcas que comercializamos na nossa Clínica, e que portanto conhecemos, a Specific poderá enquadrar-se nas características que procura, pois tem um boa relação qualidade/preço.

      Responder

  • Maria Guimarães

    12/04/2016 at 10:29

    Estava (sempre estou) a procura de artigos sobre rações e deparei-me com este. Dentre todos que já li, este foi o artigo mais esclarecedor com uma exposição resumida e bem objetiva.
    Parabéns!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/04/2016 at 15:52

      Muito obrigada pelo seu comentário, Maria Guimarães. A nossa intenção com este tipo de artigos, e com este em particular, é informar e esclarecer. Ficamos contentes por saber que estes objectivos foram alcançados!

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Maria Guimarães

    12/04/2016 at 11:05

    Gostava de saber a vossa opinião sobre Advance Dog (Affinity)
    Eu tenho dois Bull Terrier, sendo que a cadela tem problemas de pele.

    Sempre dei a Royal Canin, depois com dois anos passei para a Pro Plan (mas não melhorava a queda de pêlo e aspecto do pelo era ressecado, e o macho tinhas algo semelhante a caspas..

    Depois passei a dar Advance.
    Vendo a situação da pele, pêlo e fezes, esta foi a melhor ração que já dei a eles!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/04/2016 at 15:56

      Maria, apesar de não termos muitos pacientes a consumirem Advance, daquilo que temos visto, é uma boa ração. Além disso, a Maria acabou por responder a si própria, uma vez que a avaliação do aspecto do pêlo e da pele, bem como do volume e consistência das fezes é meio caminho andado para sabermos se a alimentação que damos aos nossos animais é ou não de boa qualidade. Se nota melhorais em todos esses parâmetros deve manter essa ração.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • bruno

    15/04/2016 at 21:41

    Ola, tenho 4 gatos todos eles adultos e estou a dar-lhes a racão avantis pet, será boa ração a nivel de saúde pelo, etc.
    Recomenda ou não!

    Muito obrigado
    Cumprimentos

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/04/2016 at 19:14

      Não conhecemos essa ração, Bruno, pelo que não podemos emitir nenhuma opinião.

      Responder

  • Cátia

    17/04/2016 at 18:57

    Boa tarde
    Gostava de saber qual a melhor ração para um Pug Carlin de 4 meses
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/04/2016 at 19:11

      Boa tarde Cátia. Já aqui foram mencionadas vários nomes de rações de muito boa qualidade (Hill’s, Proplan, Royal Canin, Specific, etc). Falamos destas pois são as que conhecemos melhor, uma vez que as comercializamos na nossa Clínica. Mas haverá certamente outras marcas de qualidade. Para o seu cão, qualquer uma delas será indicada desde que tenha a designação “Puppy”, “Cachorro” (ou similar), e preferencialmente de raça pequena.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

      • Cátia

        17/04/2016 at 19:20

        Estou a dar Acana Puppy Small Breed ao Pug Carlin de 4 meses. Estará a ser bem alimentado? Obrigada

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          17/04/2016 at 19:24

          Sim, Cátia. Essa ração é excelente.

          Responder

  • Cátia

    17/04/2016 at 19:27

    E em adulto qual a melhor da Acana para o Pug Carlin?
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/04/2016 at 19:41

      Qualquer uma dentro da gama para adulto, Cátia.

      Responder

  • Sofia

    17/04/2016 at 19:48

    Boa tarde Dra,
    Tenho um labrador retriver de 5 meses e estou a dar-lhe advance puppy maxi (há cerca de um mês); as fezes são consistentes e o pêlo está denso e brilhante, mas parece que cai em maior quantidade! Antes estava a dar-lhe royal canin puppy maxi, tenho a sensação que não perdia tanto pelo… será da altura do ano ou a advance está a provocar-lhe uma queda maior?
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/04/2016 at 20:04

      Interessante questão, Sofia. À partida poderá ser devido a ele estar na altura de mudar o pêlo de cachorro para adulto, poderá também ser da altura do ano (como refere) ou uma conjugação das duas coisas. Para já, continuaria a dar a mesma ração e a escová-lo para acelerar a mudança do pêlo e se daqui por um mês o problema persistir, aí sim pensar em mudar a ração.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Carla Sousa

    04/05/2016 at 22:31

    Olá Dra. Obrigado pelos esclarecimentos.
    Tenho um cão, adulto, de aproximadamente 3 anos. Foi recolhido da rua e só é possível ter uma ideia aproximada da idade, é de porte pequeno, 8,5kg, de pelo longo e cerdoso. Iniciei a alimentação com royal canin para raças pequenas e posteriormente como começou a ganhar muito peso e uma vez que foi castrado mudei para a Royal mini para cães esterilizados, ele gostou bastante mas apesar de manter a quantidade de ração parecia pouco saciado. Há uns tempos tenho experimentado uma ração de criador, Siegershow, ele adora e as fezes diminuíram, mas quando faço a comparação da composição entre a Royal e a siegershow as dúvidas aumentam, é impossível pelas descrições concluir e a maior diferença que encontro é no preço, a diferença é abismal. E fico na dúvida se esta diferença tão grande de preço não está relacionada mais com a qualidade dos ingredientes usados ou apenas com questões de publicidade e ou “fama”.
    O que acha sobre este tipo de rações para criadores?
    obrigado pela atenção.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/05/2016 at 15:19

      Carla,
      Essa ração em particular não conhecemos. Mas se o volume de fezes diminuiu, aparentemente ele digere melhor essa ração; é sempre um bom indicador. Se acha que a o pêlo e a pele estão com bom aspecto, assim como a condição física do seu cão, é de mantê-lo com essa ração.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Ana

    05/05/2016 at 15:42

    Boa tarde , tenho um bulldog francês com 20 meses, já experimentei várias marcas de ração desde royal canin , ideal balanced, proplan de salmão etc nos primeiros dias come mas rápidamente perde o interesse e deixa de comer, comendo só uma vez ao dia ou mesmo de dois em dois dias. Neste momento estou a tentar a ração proplan original visto que a de salmão não come bem. É uma ração de qualidade? Posso confiar totalmente nesta marca?

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/05/2016 at 13:41

      Cara Raquel, pode confiar na Pro Plan, sim. É uma boa ração. E até pode experimentar também as gamas Large Robust ou Large Athletic (uma é de frango e a outra é de borrego). Pode ser que o seu cão goste mais.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • maria

    06/05/2016 at 13:25

    Olá, tenho um pastor alemão que tem quase 1 ano de idade estou a dar a ração advance puppy maxi. Já li neste artigo que é uma boa ração, gostaria de saber se dou esta ração até ele completar um ano e depois dou para adulto ou então mantenho esta ração puppy maxi até ele completar um ano e meio de vida.

    O que será melhor para o animal, visto que é um animal de porte grande fêmea?

    Obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/05/2016 at 18:19

      Os animais de grande porte crescem até ao ano e meio de idade, pelo que deverá continuar a dar a ração Puppy à sua cadela até ela completar essa idade.

      Responder

  • Daniel

    06/05/2016 at 18:09

    Olá , tenho 4 pinschers e dou-lhes a ração da royal canin x small , acha que é uma boa ração ? Tenho um cão que pesa 1,4 kg , outro 2,5 kg , outro 3,6 kg ( está grávida ) e uma com 4,7 kg ( está a dar de mamar ) , acha que por causa de estar a dar de mamar o seu peso tenha aumentado ? E como a x small da royal canin é para cães até 4 kg acha que devia mudar para a ração da royal canin até 10 kg? Eu dou para cães até 4 kg porque todos têm menos de 4 kg exceto a cadela que está na fase de gestação e se não fizesse mal nenhum dar a mesma ração a todos .****

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      09/05/2016 at 17:55

      Sim, é uma boa ração. E podem todos comer a mesma, mesmo que excedam um pouco os 4 kg. A única alteração que recomendo que faça neste momento é que dê a Junior Small dog à cadela grávida e à cadela que está a amamentar, para prevenir a eclâmpsia.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • José

    13/05/2016 at 20:57

    Boa tarde,

    Tenho uma cadela Labrador com19 meses e há cerca de 1 semana que não se alimenta convenientemente. Ou seja, quando lhe dou comer, cheira a ração e não come. Só com muita insistência da minha parte é que vai comendo. Não aparenta qualquer doença, mantém-se muito ativa e cheia de energia (sempre a morder os brinquedos e a fazer buracos). Como tal, estou a assumir que possa ter enjoado a ração. Nos primeiros 3 meses de vida dava ração da Specific, mas depois alterei para Proplan Puppy , que é a ração que ainda estou a dar atualmente. Como pretendo mudar de ração, pode aconselhar uma ração equivalente? Pensei em mudar para Proplan Adult, mas receio que também a possa rejeitar (possivelmente terão sabores e aromas semelhantes). Outra questão; com que idade é que se pode considerar que um Labrador é um cão adulto? Obrigado.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/05/2016 at 16:47

      Por vezes é difícil acertar com a ração num animal assim mais caprichoso, com tendência para enjoar a comida. Contudo, se mudar para a ProPlan adulto, apesar de se tratar da mesma marca, o sabor/aroma não será forçosamente o mesmo, uma vez que por se tratar de uma ração formulada para cães adultos e não cachorros, a composição será diferente, o que poderá dar origem a um paladar ligeiramente diferente. Outra sugestão é comprar embalagens pequenas de outras marcas para ela experimentar e ver qual a que ela come melhor. De qualquer forma, se esse desinteresse pela comida persistir, a sua cadela deverá ser examinada.
      Quanto ao momento em que os labradores deixam de crescer, será por volta do ano e meio de idade, como é habitual para os cães de raças grandes.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Maria Soares

    19/05/2016 at 02:02

    Olá Dra.
    Eu tenho um boerboel com 3 meses e ele tem comido a ração da kennels. Estava a pensar mudar de ração. É um cão de grande porte, muito robusto. Ouvi umas opiniões que dizem que as rações de borrego serão as melhores…concorda com esse facto? Podia dar-me uma opinião de ração a dar? Fala muito sobre a royal e a hills mas estão fora de questão, são extremamente caras! Precisava da sua ajuda!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      19/05/2016 at 17:21

      Nós fazemos referência à Royal Canin e à Hill’s porque são rações premium com grande projecção comercial, pelo que são facilmente identificáveis pelos consumidores. No entanto deverão servir apenas como referência. Para nós veterinários, é impossível conhecer todas as rações disponíveis e por certo haverá outras de igual qualidade.

      Se estas rações estão fora de questão por serem muito caras, podemos apenas sugerir que opte por uma Specific ou uma Petfield (mais uma vez, fazemos referência às rações que conhecemos). Mas também aproveitamos para fazer um pequeno apontamento: quando adquirimos um cão de grande porte há que ter em conta que ele vai comer muito o que já por si é caro. Perante raças de grande porte há que ter um cuidado acrescido com a alimentação, uma que vez, sendo o crescimento muito acentuado, estes animais vão ser muito sensíveis às concentrações de determinados componentes indispensáveis a um crescimento saudável, nomeadamente Glucosamina, Condroitina, Ácido Hialurónico e determinadas vitaminas, que são por si só suplementos caros. Quando não é administrada uma ração de boa qualidade a um cão de grande porte, estamos a abrir portas para que ele venha a desenvolver problemas articulares, deformações e comprometimento do crescimento que a longo prazo irão dar sinais. Este cuidado muitas vezes não é tido em conta, na hora de escolher que tipo de cão se deve ter.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Marcelo Dias

    19/05/2016 at 21:52

    Olá boa noite, o que acha da ração Avantis? Acha que é uma boa ração em termos qualidade/preço? Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      20/05/2016 at 10:36

      Só conhecemos de nome, Marcelo. Não temos resultados para poder emitir opinião.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • José Cruz

    27/05/2016 at 10:09

    Boa tarde,

    tenho um labrador com 3 meses e um cocker spaniel com 1 ano e meio. Queria dar-lhes a melhor ração possível a bom preço. Qual a sua opinião sobre a ração criadores (super premium) ? Parece ter uma composição de excelência a um preço acessível. Transmite-lhe confiança ?

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      27/05/2016 at 18:26

      Já aqui referimos que não conhecemos todas as rações disponíveis no mercado, pois são muitas. Há várias rações de criador disponíveis no mercado e podem não ser todas iguais. Tente comparar a composição com a de outra ração mais conhecida e cuja qualidade esteja comprovada.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Hélio

    15/06/2016 at 23:26

    Boa noite Dra.,

    Tenho uma cadela Golden Retrevier com 2 anos. Há cerca de 1 ano e meio estou a dar Royal Canin Hypoalergenic Moderate Kalories. Dá-se bem com a ração, nada a apontar (a não ser o preço).

    Contudo, gostaria de obter uma opinião acerca de outras rações como a Naturea (de salmão) ou a Taste of Wild…
    Agora existe uma panóplia de rações para escolha. Mas é necessário cuidado quando falamos de saúde do nosso amigo de 4 patas…

    Obrigado,
    Hélio Ramos.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      24/06/2016 at 16:06

      Boa tarde Hélio.
      Qualquer uma das rações que refere é de elevada qualidade, sem cereais (muitas vezes responsáveis por alergias de pele ou gastro-intestinais), e em geral muito apreciadas e bem toleradas pelos animais.
      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Olivério Freitas

    05/07/2016 at 15:42

    Boa tarde Drª,

    Tenho uma cadela da raça Castro Laboreiro com 2 anos e 4 meses, esterelizada, mede 62 cm ao garrote e pesa 38 kgs. Até aos 15 meses dei-lhe a ração da marca Acana, de origem canadiana, depois passei para uma ração também super premium não muito conhecida da marca Profine, de origem inglesa, Satisfation também super premium de origem espanhola penso eu. A partir do inicio deste ano passei a dar-lhe uma ração tambem super premium da marca Luposan a Natural Extra, de origem alemã. É uma ração segundo diz no saco fabricada a baixas temperaturas, passo a citar a sua composição:

    Com carne de frangos criados ao ar livre!
    Com: 370 kcal / 100 gr. Sem adição de açucar.

    Ingredientes:

    Carne de frango do campo desidratada ( 28% – 29% ), arroz integral moreno pré-cozinhado/vaporizado( 13% ), milho integral pré-cozinhado/vaporizado ( 9% ), barriga de veado desidratada e farinhada ( 8% ), arenque Manhaden desidratado e farinhado ( 6% ), minerais orgânicos( ossos de caça farinhados ) 5%,gema de ovo desidratada e farinhada ( 3% ), extrato de carne de mexilhão perna canaliculus de lábio verde ( 3% ), extrato concentrado de sementes de uvas vermelhas ( 2% ), brotes de cereais, cherovia ou pastinaca sativa, óleos vegetais prensados a frio(óleos de linhaça, arroz e frutos secos), gordura de frangos criados ao ar livre, mistura de plantas e ervas( alcaravea ou cominho, erva doce, tomilho ), algas marinhas, frutas – maça, amora e pêra ( 3% ), yuca(mandioca), tupinambos, vitaminas, oligoelementos, algas spirulina e óleo de salmão.

    Constituintes Analíticos:

    Proteína Bruta :::: 25%
    Gordura Bruta :::: 10%
    Humidade :::: 9%
    Cinzas Brutas :::: 7%
    Fibra Bruta :::: 4%
    Cálcio (biocálcio) :::: 1.2%
    Potássio :::: 0,76%
    Fósforo :::: 1%
    Magnésio :::: 0.17%
    Sódio :::: 0.4%

    Vitaminas por Kg:

    Vitamina A :::: 10500 i.E.
    Vitamina D3 :::: 1050 i.E.
    Vitamina E :::: 200 mg
    Vitamina como Mononitrato de tiamina B1 :::: 3.5 mg
    Vitamina B2 como riboflavina :::: 7 mg
    Vitamina B6 como hidrocloruro de piridoxina :::: 4.2 mg
    Vitamina B12 :::: 42 mcg
    Biotina D-(+) biotina :::: 210 mcg
    Ácido Fólico :::: 0.35 mg
    Niacina :::: 21 mg
    Ácido Pantotênico como D-pantotenato de cálcio :::: 7 mg
    Vitamina C de L-ácido ascórbico :::: 140 mg
    Cloreto de Colina :::: 1050 mg

    Oligominerais:

    E1- Ferro como óxido(III) de ferro :::: 240 mg
    E6- Zinco Zinc como óxido de zinco :::: 80 mg
    E4- Cobre como óxido (II) de cobre :::: 14 mg
    E2- Iodo como calcio de iodo :::: 1.7 mg
    Cobalto como sulfato de cobalto (II) heptahidrato :::: 1 mg
    Magnésio como óxido (II) de magnésio :::: 48 mg
    E8- Selénio :::: 0.35 mg

    A composicão parece-me boa, só que noto uma perda de pelo constante desde Fevereiro, gostaria de saber a sua opinião sobre esta ração e já agora qual a ração que me recomendaria na sua substituição.

    Nota: Fiz a seguinte experiência:

    1 copo de água uma pepita da ração Luposan e 1 de outra marca qualquer, royal, proplan, satisfation, etc…

    A pepita da ração Luposan vai logo para o fundo do copo e começa desde logo a desfazer-se e em muito poucos minutos parece areia, as outras ficam à tona da água no copo mantendo a sua forma e desfazem-se muito lentamente. Gostaria que a Drª desse uma opinião sobre este acontecimento. Pois segundo me informaram tem a ver com o alto poder de digestibilidade da ração luposan.

    Uma boa tarde e muito obrigado.

    Olivério freitas

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/07/2016 at 23:10

      Caro Olivério,

      Antes de mais, agradeço a sua exposição tão completa uma vez que, não conhecendo a ração, seria impossível pronunciar-me sobre ela sem ver a composição da mesma. A composição da ração também me parece bastante boa, apenas o que me salta mais à vista é que me parece ter pouca gordura. Essa pode ser a razão para a perda de pêlo tão marcada da sua cadela, assim como para o facto do grânulo da ração se desagregar tão depressa e não boiar. Sendo assim, a mudar de ração, aconselho que procure uma marca dentro do mesmo grupo de qualidade mas com um teor de gordura mais elevado (>15%). Em geral, as rações de salmão ou aquelas com a designação “sensitive” (ou sinónimos) têm um teor mais alto em Ácidos Gordos Essenciais (os tão afamados ómegas), com um impacto muito significativo no aspecto da pele e do pêlo.

      Contudo, não deverá colocar de lado a hipótese da sua cadela ser observada, uma vez que há problemas de pele que podem começar por manisfestar-se apenas por perda de pêlo e nada terem a ver com a alimentação.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Queli

    24/07/2016 at 14:32

    Boa tarde, Drª Joana Brito

    Tenho uma filhote de 8 meses da raça Lhasa Apso e está a expelir gases já há alguns meses e também um volume considerável de fezes. Qual a indicação da Drª para esse problema de flatulência? Existe alguma ração específica para amenizar esse problema? Aguardo a sua resposta.
    Uma boa tarde e obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      25/07/2016 at 21:41

      Cara Queli,

      Não há nenhuma ração específica para esse problema, mas a resolução passará por lhe dar uma ração de elevada qualidade. Por norma, a flatulência exagerada e o elevado volume de fezes são problemas que estão relacionados com a ingestão de rações de qualidade inferior, formuladas à base de fontes de proteína menos nobres, e teores mais elevados de cereais ou farinhas, que tornam mais difícil a digestão e a absorção dos nutrientes pelo organismo.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Queli

        27/07/2016 at 01:22

        Prezada Drª Joana,

        Pesquisei na Internet e encontrei a ração Natura Diet Puppy Junior que aparenta utilizar ingredientes de boa qualidade. Qual a opinião da Drª acerca dessa ração? O seu parecer é muito importante. Agradeço a resposta!

        Responder

  • Queli

    26/07/2016 at 03:32

    Prezada Drª Joana,

    Creio que seja isso mesmo que está a acontecer. Pode-me sugerir alguns nomes de rações de boa qualidade para evitar esse tipo de problema?

    Muitíssimo obrigada,

    Queli

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      27/07/2016 at 17:05

      Olá Queli.

      Em relação a marcas super premium, qualquer uma das marcas já referidas em respostas anteriores será uma boa escolha. No Brasil de certeza que encontrará Hill’s, Royal Canin, Acana, etc. Também existe uma ração muito boa, brasileira, que se chama Equilíbrio.

      No que toca à descoloração do pêlo por causa das lágrimas, não sei se haverá alguma ração que ajude nesse sentido. Isso acontece em cães de pelagem clara porque as secreções naturais do corpo como as lágrimas, a saliva e a urina, descoloram o pêlo, surgindo aquela característica coloração acastanhada nas zonas de corpo que entram em contacto com esses fluidos. Cá em Portugal existe um produto para limpeza ocular, que se pode também aplicar no interior do olho e, esse sim, tem algum poder de atenuação sobre essas manchas que surgem na zona de escorrência da lágrima. Chama-se Ocryl® e poderá tentar encontrá-lo aí no Brasil. Também deverá pedir ao veterinário que segue habitualmente o seu cão, para ver se ele tem obstrução dos canais lacrimais, pois essa situação tem uma resolução muito simples e, caso exista, ele poderá deixar de exibir essas marcas no pêlo, junto aos olhos, uma vez que as lágrimas passariam a escoar maioritariamente pelo nariz e não pelo canto medial dos olhos.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Marta Santos

    07/08/2016 at 09:29

    Bom dia,Dra Joana,tenho uma cadelinha com 1 ano e meio,e cerca de 8 kg, já algum tempo que lhe dou a ração da hills. Para cães de pequeno porte,mas noto que ela já não come tanto,penso que está a enjoar a comida.Gostava de saber na sua opinião,qual será a ração mais parecida com esta,que eu possa mudar,e se eu posso dar intercalada,com a ração hills,uma vez que eu acho que ela se dá muito bem com esta ração.Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      07/08/2016 at 23:09

      Cara Marta,

      A sua cadelinha pode estar a comer menos, não porque tenha enjoado a comida mas pura e simplesmente porque, como já parou de crescer, as suas necessidades calóricas são inferiores às que ela necessitava até aqui. De qualquer forma, se quiser mudar para outra ração de qualidade semelhante, do feedback que tenho tido, os cães geralmente gostam muito da ProPlan e da Advance. Também existe uma ração que costuma ser muito bem aceite pelos cães de raça pequena, que é de boa qualidade também que se chama Equilíbrio. Haverá outras rações igualmente boas, mas enumerei apenas aquelas que geralmente os cães aceitam bem.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Daniel

    08/08/2016 at 17:53

    Gostava de saber o que acha da ração eukanuba.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/08/2016 at 16:48

      Caro Daniel,

      Já há muito tempo que a Eukanuba deixou de ser uma ração popular. Não porque tivesse falta de qualidade, mas nem sempre era facilmente aceite, talvez por falhas na palatibilidade. De momento não sei se a ração foi melhorada a esse nível e praticamente não me apercebo de consumidores que a ofereçam aos seus animais. Suponho contudo que continue a ser uma boa ração.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • INES

    17/08/2016 at 14:59

    Boa tarde,

    tenho um sharpei cruzado com pastor alemão (dizem que não há certeza) que vai fazer 8 meses. Estou indecisa entre as rações Dibaq / advance / VISAN OPTIMA PUPPY & amp; JUNIOR CHICKEN & amp; RICE.

    O que me aconselha?

    obgd

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      02/09/2016 at 15:06

      Boa tarde Inês.
      Das rações que citou só conheço a Advance e sei que é uma boa ração.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • bruno

    25/08/2016 at 11:42

    Olá, tenho uma pastora alemã de 15 meses. Ela tem falta de apetite, já lhe dei a ração libra, depois foi a specific, depois advance e agora está com a pro plan. No princípio, quando mudo de ração, ela come muito bem mas depois deixa de comer e fica muito magra. Dou-lhe boas rações mas ela deixa de as querer comer. Já não sei o que hei-de fazer mais. O que me aconselha fazer?

    Muito obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      26/08/2016 at 11:25

      Bruno, se esse problema é recorrente acho que o que deve fazer é levar a sua cadela ao veterinário, para tentar perceber se há algum problema de fundo que esteja a provocar esse problema.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Andreia Gonçalves

    31/08/2016 at 20:23

    Boa Noite Dr. Joana, tenho um Bulldog Francês muito esquisito. Ele enjoa da ração muito facilmente. Tem 2 anos e meio e 10kg.
    Dei-lhe Royal Canin mas ele simplesmente não comia, mudei para dog chow de salmão e ele comia mas enjoou e agora come libra borrego mas vejo que piorou a nível de queda de pelo e faz muitas fezes.
    Preciso de mudar a ração para ver se ele come e para ver melhorias a todos os níveis.
    Pode Aconselhar-me algumas marcas de rações?
    Muito Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      02/09/2016 at 15:02

      Cara Andreia,
      Já foram referidas neste artigo e em resposta a algumas questões, variadas marcas de ração. Quando o problema se prende com o facto de um ou outro animal ser mais esquisito, não adianta muito dizer que esta ou aquela ração são melhores, uma vez que não faço ideia se o animal em questão vai gostar. Terá que ser a Andreia a experimentar várias marcas e talvez a solução passe até, por escolher duas ou três que o seu cão coma bem e depois ir rodando entre elas, para ir variando. Tratando-se de um Bulldog Francês o melhor conselho que me ocorre é que a Andreia escolha sempre rações sem cereais ou hipoalergénicas, visto que é uma raça que com muita frequência apresenta problemas dermatológicos ou do foro gastro-intestinal, pelo que a escolha de uma boa ração é fundamental para uma vida saudável.
      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Vânia

    10/09/2016 at 16:43

    Boa noite Dr.ª Joana,

    Antes de mais agradeço todos os esclarecimentos até então prestados.
    A minha questão encontra-se mais associada à composição analítica das rações.
    Tenho 5 gatos (4 machos e uma fêmea- todos esterilizados) todos resgatados da rua e até à data alimentados com Royal Canin (RC) .
    Um deles é obeso. Sei de todas as complicações que daqui podem advir por isso tenho feito um esforço para que perca peso.
    A minha questão é: este rapaz com 9 anos teve um episódio de IRA no passado ano (creatina e ureia com valores normais atualmente com ração RC Sénior Stage1); a veterinária aconselhou-me nesta última consulta a dar-lhe ração para gatos obesos, que já adquiri (Advance Obesity). Mas, pelo que vejo muitas das rações para perda de peso têm teores de cálcio e fósforo elevados (RC) e quando estes minerais não estão tão elevados, o teor de magnésio encontra-se em 0,1% ( do que li a composição deveria ter valores inferiores).
    Sendo ele um gato com 9 anos, obeso, com história de IRA, com predisposição para a existência de litíase urinária pela obesidade, isto deverá ser tido em conta? Não é preferível dar-lhe a ração RC Sénior Stage1 e reduzir-lhe à quantidade?
    Tentei Hill´s Metabolic mas vomita… Tentei Specific, não comeu…
    Agradeço desde já a atenção prestada e parabéns pelo trabalho desenvolvido.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      10/09/2016 at 19:55

      Olá Vânia.

      A sua dúvida é pertinente porque na verdade tem vários problemas para resolver: por um lado a obesidade, e por outro a tentativa de prevenir outros dois problemas muito frequentes nos gatos como a insuficiência renal e as cistites, e que o seu gato já teve. Sem querer contrariar a colega que segue o seu gatinho, talvez seja razoável manter a ração senior stage, até porque com esta ele mantém valores normais de ureia e creatinina, e tentar que a perda de peso se obtenha pela via do exercício e também da redução da quantidade (embora aqui não possa fazer nenhuma redução muito drástica, pois corre o risco de o seu gato não ficar saciado).

      Experimente usar a Catmosphere® (uma bola oca onde se coloca comida, que só cai quando os gatos brincam com ela) ou o Kong Wobler® (do mesmo género, funciona como um sempre-em-pé). Talvez se o seu gato se interessar por estes brinquedos, a Vânia possa optar por lhe servir uma porção da dose diária desta forma e conseguir que desta maneira ele perca algum peso. Outro truque a que pode recorrer será o de aromatizar pequenos cubos de gelo com caldo de frango ou óleo de atum e ir servindo os cubos para ele brincar: os cubos escorregam no chão e como têm um cheirinho agradável vão suscitando interesse, fazendo com que continue a brincar. Além disso têm também a vantagem de incentivarem a ingestão de água, o que é óptimo para a manutenção da saúde dos rins e da bexiga.

      Espero ter sido útil e que alguma destas dicas funcione!

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Susana

    15/09/2016 at 22:42

    Boa noite Dra, adoptei esta semana dois gatinhos bebés e comprei-lhes ração Naturea por conselho da sra da loja. Conhece? Recomenda? Quais as melhores rações para gatos? Obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/09/2016 at 12:18

      Olá Susana.

      Sim, conheço. A Naturea é uma ração portuguesa, Grain Free (sem cereais) e de elevada qualidade. A marca tenta aproximar a alimentação comercial o mais possível daquilo que um gato comeria em estado selvagem, pelo que não faz diferenciação etária, dado que alegadamente eles comerão o mesmo tipo de presas durante toda a vida. Se os seus gatinhos se derem bem com este tipo de alimento o meu conselho é para manter.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Maria Pinto Basto

    02/10/2016 at 10:53

    Bom dia Drª Joana,

    Tenho um Cocker de 9 anos, atópico desde os 3. Foi esterilizado há 1 ano e come ração Royal Canin para cão esterilizado, não porque tenha sido esterilizado mas porque tinha uma cadela esterilizada que comia essa ração e ele também gostava. Há uns meses teve problemas de pele com alguma gravidade ( necessitamos de recorrer a antibióticos ) apesar de termos sempre extremo cuidado com a mesma, fazendo banhos regulares por indicação médica com champô específico. Vomita também a ração com alguma frequência mas esta situação está a ser controlada. Tentamos passar para uma ração HA também da Royal C , mas o cão recusa-se a comer a ração por isso voltamos à anterior. Fiz algumas pesquisas e estou a pensar mudar para alguma ração sem cereais. Ofereceram-me amostras da marca Naturea que pelo facto de ser uma marca Nacional me deixou logo com vontade de experimentar. Para alegria minha ele parece ter gostado bastante da amostra que comeu, foi a Nturea Naturals de salmão. Gostaria de saber a sua opinião sobre se a ração será adequada para esta situação. Não sei se a questão do peso poderá estar controlada com este tipo de ração ( pesa 15kg ).
    Obrigada pelo o excelente contributo nas duvidas apresentadas.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      02/10/2016 at 18:38

      Cara Luísa,

      A ração Naturea é de muito boa qualidade, com a vantagem de não ter cereais, causa de grande parte das alergias desenvolvidas pelos nossos animais. Contudo, não é garantia que vá resultar no seu cão atópico, pois ele também pode reagir à proteína. É por isso que os cães com atopia devem comer rações hidrolizadas cuja proteína é fragmentada a um nível tão elevado que não permite que a mesma seja detectada pelo sistema imunitário de forma a evitar uma resposta alérgica. Nada como fazer a experiência e ver como ele se comporta. Por ser de salmão, à partida será benéfica para o pêlo e para a pele.

      Relativamente à questão do peso, desde que cumpra as quantidades recomendadas, isso não deverá ser um problema, pois estas rações têm menos carbohidratos, que são os responsáveis pelo excesso de peso (se excluirmos obviamente razões genéticas ou metabólicas inerentes ao próprio animal).

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Pedro Silva

    07/10/2016 at 12:14

    Bom dia Drª. Joana..
    É o seguinte: eu tenho um serra da estrela, com 2 anos e estou lhe a dar a ração Libra High Energy e LIBRA PUPPY.
    Se fosse possível gostaria de saber a sua opinião sobre esta ração da marca LIBRA?
    Mas a minha pergunta principal prende-se com a PROTEÍNA, ambas contêm 30%, será que faz bem ou faz mal o excesso de proteína?? É um cão que não está quieto, tem cerca de 45kg.
    E se eu misturar uma adult libra com 24% e uma puppy 30%?
    sem mais assunto
    aguardo uma resposta,
    com os melhores cumprimentos, grato pela atenção.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      11/10/2016 at 21:23

      Caro Pedro Silva,

      Como já tenho referido anteriormente, não conheço em pormenor todas as rações existentes no mercado, sendo a Libra uma delas. O pouco que sei é que a Libra é uma ração Premium (tal como a Dog Chow) ou seja, de gama intermédia, mas desconheço a sua qualidade.

      No que toca à quantidade de proteína, concentrações na ordem dos 30% são bastantes comuns nas formulações comerciais e até há marcas com concentrações superiores. Para um cão que é muito activo, devemos escolher uma ração de alta energia, não só rica em proteína mas também com níveis adequados de gordura e carbohidratos. É muito importante também que seja altamente digerível, para que o animal possa aproveitar da melhor forma, tudo aquilo que ingere.

      Para saber se o alimento que dá ao seu cão é adequado ou não, temos que saber como está a sua condição corporal (não só através do peso, mas também pela apreciação das protuberâncias ósseas e a sua conformação geral).

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Izabel

    13/10/2016 at 01:59

    Olá Dra
    Tenho uma gata de 9 anos que está com insuficiência renal! Eu pesquisei uma ração com o nome specific para gatos com insuficiência! Mas estou na dúvida se essa é de qualidade.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/10/2016 at 11:03

      Cara Izabel,

      Pode confiar na Specific. Embora não muito conhecida, é uma ração de grande qualidade, formulada à base de peixe. A Specific Kidney Support é a indicada para gatos com insuficência renal. Agora será só uma questão do seu gato gostar ou não, pois nestas situações o apetite está mais comprometido e nem sempre é fácil convencer os animais a comerem qualquer dieta.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Carlos

    21/10/2016 at 11:15

    Olá Dra. Joana,
    Tenho umas dúvidas: tenho um bulldog francês (boris) de 5 meses com 7,3kgs mas ele tem um grande defeito, come as fezes que faz…já tentei com forbid e não arranjo solução…a ração que lhe dou é royal canin Júnior dou-lhe 2 vezes por dia, 95gr cada vez. Já me disseram para trocar de ração porque dizem que não é grande coisa, para trocar para uma mais natural. O que faço??

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      26/10/2016 at 22:40

      Caro Carlos Tavares,

      Se o seu cão tem 5 meses, o facto de ingerir as próprias fezes pode ser meramente comportamental (é uma situação que com frequência é reportada pelos donos) e não ter nada a ver com a ração. Deve portanto procurar ajuda nesse sentido de forma a tentar corrigir o problema. Contudo, pode também experimentar outra ração de qualidade semelhante para verificar se a coprofagia se mantém.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Veronica

    23/10/2016 at 22:59

    Olá Dra. Joana!

    Adorei o post! Tenho um cão SRD que já foi diagnosticado com erlichiose (dos carrachos) e após o tratamento, ainda apresenta baixa imunidade. Qual a ração mais indicada para ajudar o sistema imunológico dele?

    Desde já, agradecida!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      26/10/2016 at 22:37

      Olá Verónica.

      Obrigada pela sua opinião. Não há rações específicas para essas situações mas, em princípio, rações à base de peixe e ricas em ácidos gordos (omega 3 e omega 6) podem ajudar na questão da imunidade.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Sandra

    30/10/2016 at 10:15

    Bom dia Dra Joana,
    Eu tinha falado consigo através deste post à alguns meses sobre o facto de ter 3 yorkies e um deles enjoar muito a ração, já tinha comprado as mais variadas marcas premium e super premium do mercado e não resultava. A cerca de uns meses optei por comprar Orijen e resultou, a mais esquisita passou a comer mas notava que tinha alguma dificuldade em mastigar o croquete da orijen ( comprei orijen adult e orijen 6 fish ) , verifiquei que e marca Orijen não tinha uma gama de Adulto com croquetes mais pequenos então troquei para a Acana adult small breed, o tamanho do croquete é bem mais pequeno e notei que ela já não queria comer com a mesma frequência, falei com um Veterinário que me disse para experimentar a comprar para cachorro porque por vezes a ração é mais palatável e os mais esquisitos costumam gostar, comprei a Acana puppy small breed, verifiquei que tem os croquetes demasiado pequenos e não os mastigam, engolem inteiros, à cerca de 1 mês comprei a Acana puppy & junior e está a resultar na perfeição, a minha pergunta é, o facto de ser uma ração para cachorro, tendo eu ido verificar os componentes e visto que tem mais proteína e mais gordura, não será um problema? Devo manter esta ração ou trocar para a Acana adult small breed?
    Obrigada pela atenção.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      04/11/2016 at 10:06

      Boa tarde Sandra.

      De facto, se continuar a dar sempre comida de cachorro à sua cadela, ela poderá vir a engordar mais, com todas as consequências que isso acarreta. Seria melhor conseguir que ela comesse a ração apropriada para adulto. Experimente começar por misturar as duas de forma gradual, até conseguir que ela coma apenas a ração de adulto.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Andreia

    02/11/2016 at 22:31

    Olá, boa noite, tenho um cãozinho raça cão de água e ando sempre aflita com ele por causa da ração. Já me aconselharam a castigar (não come tira a ração e volta a dar à noite) mas o que é certo é que nem assim ele come. Tem dias que come muito bem, mas se lhe der para não comer o dia todo não come e às vezes nem no dia seguinte. Gostaria de saber o que me aconselha. Comia Pedigree em mais pequeno mas disseram-me que é uma ração de má qualidade, então agora dou-lhe a ração marca Libra mas mesmo assim tem dias que não come. Tem alguma sugestão para mim? Muito obrigado e boa noite.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      04/11/2016 at 21:56

      Cara Andreia,

      Não vou conseguir dar-lhe uma resposta que seja a solução para o seu problema, pois pode não haver só uma razão para ele se alimentar assim. A primeira pode ser de facto ele não gostar muito da ração, pelo que deverá experimentar outra: comparando com a Pedigree, a Libra não é superior. Deverá experimentar uma ração de qualidade superior mas também deverá tentar diferentes tamanhos de grânulos, pois há cães que gostam de roer, outros nem por isso, e por vezes basta fazer essa alteração para notar diferença na forma como comem.

      Outra coisa que pode acontecer, e não sei se é o caso pois não conheço o seu cão, é esse comportamento ser perfeitamente normal. Há cães que mantêm algum comportamento selvagem remanescente e manifestam hábitos em relação à comida que nós humanos estranhamos mas que, para um cão, podem ser perfeitamente normais: um dia comem muito bem e “empanturram-se” e depois conseguem estar um ou dois dias sem comer. Se a condição corporal do seu cão for normal (nem muito gordo, nem muito magro), então pode este ser o caso dele e esse padrão alimentar ser perfeitamente normal e suficiente para ele.

      Se o seu cão for brincalhão, também pode tentar que ele se alimente através da brincadeira: oferecendo brinquedos dispensadores de comida. Há cães que necessitam de estímulos ou desafios para terem algum interesse na comida.

      Espero ter sido útil.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Vasco

    06/11/2016 at 13:34

    Boa tarde, tenho um boxer que vai fazer 11 meses, ele desde os 3 meses que come a Orijen puppy Large… As fezes sempre foram moles e sempre fez grandes quantidades… Desde os 9,5 meses que não aumenta o peso (33kg) o que me faz supor que não esteja a fazer uma boa assimilação … Começou desde há 3 dias a fazer sangue nas fezes…. Neste momento está a fazer o antibiótico flagyl … Como está com os intestinos irritados resolvi comprar a Luposan 24/10. Será que a Orijen é forte demais para ele? Depois de estabilizar, posso misturar 1/2 da dose diária de Luposan e 1/2 de Orijen!? Custa-me retirar de vez a Orijen pois sempre achei ser uma se não das melhores rações para cães.

    Obrigado

    Vasco

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/11/2016 at 16:32

      Caro Vasco,

      Por muito boa que seja uma ração, é sempre possível que um ou outro animal não se dê bem com ela, pois há sempre a possibilidade de existir alguma intolerância em relação a algum ingrediente da ração. Veja um exemplo tão simples quanto este: o pão é um óptimo alimento, mas pessoas que são intolerantes ao glúten não podem comer um pão qualquer. Com os animais também temos que pensar da mesma forma. Depois também temos que colocar a hipótese da não haver qualquer problema com a ração, e tratar-se de um problema inerente ao animal: doença inflamatória intestinal, insuficiência pancreática, entre outros.

      Acho que deve discutir este problema com o veterinário que segue o seu cão, para juntos explorarem as causas possíveis para essa situação e tentarem encontrar uma solução para o problema.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

      • Vasco

        06/11/2016 at 18:01

        Obrigado pela atenção.

        Responder

  • Miguel Carvalho

    14/11/2016 at 21:57

    Olá, boa noite doutora, eu tenho um buldogue francês com três meses e tenho-o alimentado com Specific Pupy para raças pequenas, mas já me disseram que não era uma ração boa devido à sua composição. Queria saber se lhe estou a dar uma boa ração ou devia dar-lhe outra. Cumprimentos.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/11/2016 at 14:38

      Caro Miguel,

      A ração que refere é considerada de boa qualidade. Até tem como vantagem a fonte proteica principal ser peixe, o que pode ser benéfico pelo maior teor em omegas, ácidos gordos com capacidade anti-inflamatória, como ajuda extra para o sistema nervoso e também para o sistema imunitário. Se não verificar nenhum dos sinais que refiro no artigo, como sendo típicos de efeitos de uma má ração (fezes volumosas, pouco compactas e com cheiro intenso; flatulência e borborigmos, descamação cutânea, pêlo baço, etc) e o seu cachorro comer bem a ração, e tiver uma boa condição corporal, não há qualquer razão para alterar a alimentação.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Mário

    17/11/2016 at 14:31

    Boa tarde.
    Antes de mais, deixe-me parabenizar este seu contributo enorme e fantástico para com os nossos familiares de 4 patas.
    Agora, permita-me um esclarecimento.
    Tenho um pastor alemão com 4 aninhos e com displasia da anca, nada acentuada para já e um rafeirinho também de 4 anos super saudável. Estou a dar aos dois royal canin maxi adult e eukanuba sensitive joints na proporção de 50% de cada por força da displasia do pastor alemão. O rafeirinho tb não aceita comida diferente. 🙂
    Apesar disto, o pastor alemão necessita de ajuda para libertar o liquido das glândulas anais e a minha questão passa por aqui, existirá alguma alimentação que possa ter menos impacto na produção hormonal do Boss?
    Obrigado.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      17/11/2016 at 20:40

      Caro Mário,

      Obrigada pelas suas simpáticas palavras.

      Quanto à questão que coloca relativamente ao esvaziamento dos sacos anais, ela nada tem a ver com questões hormonais. Essa secreção é segregada pelas glândulas anais e armazenada nos seus sacos e serve apenas para a identificação dos animais entre si. Digamos que se trata do “Bilhete de Identidade” da cada animal. Esses sacos são comprimidos pela passagem das fezes, libertando-se dessa forma essa secreção. Dependendo da consistência das fezes e até da frequência da defecação, esses sacos podem ficar mais cheios e por isso ser necessário, de vez em quando, fazer o seu esvaziamento manual. Não existe nenhuma ração específica para evitar que isto tenha que ser feito no entanto, o tipo de alimentação poderá influenciar pois irá condicionar o tipo de fezes eliminadas bem como a frequência das mesmas.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Mário

        19/11/2016 at 09:32

        Bom dia e desde já obrigado pelo tempo que disponibilizou com o meu tema.
        Dado o seu vasto conhecimento, conhecerá alguma ração que possa ajudar o meu pequenino? Isto é, alguma ração que torne a consistência das fezes diferente por forma a aliviar o problema que tanto o incomoda?
        Muito obrigado.

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          24/11/2016 at 22:15

          Caro Mário,

          Tal como lhe disse anteriormente, não há nenhuma ração específica para o problema que coloca e não sei se encontrará alguma que lhe resolva o problema. Em princípio, uma ração que seja altamente digerível, capaz de produzir fezes consistentes mas não demasiado duras e que regularize o trânsito intestinal deverá ajudar a que os sacos anais não tenham que ser drenados com tanta frequência, mas isso é variável de cão para cão. Uns têm que o fazer mais vezes do que outros.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Ana Gonçalves

    24/11/2016 at 18:49

    Boa tarde,

    Muito obrigada pelo artigo!
    Tenho uma casa bem preenchida, tenho uma cadela quase a completar 12 anos, que fez recentemente uma mastectomia e felizmente deu benigno e tenho 7 gatos, cada um de idades diferentes desde um ano até ao 11(que se saiba), este ultimo com problemas renais, pelo que a ração que come é a renal da Royal Canin.
    Pela quantidade de animais que tenho, não me é fácil comprar a melhor ração para eles, venho já há anos a dar-lhes Cat chow Sterilised e Dog Chow Borrego. No entanto, e apesar de não lhe ver problemas aparentes, creio que seria melhor se tentasse investir mais na ração, num nivel mais acima mas sem encarecer demasiado. E aqui é que estão as dúvidas..Royal Canin Ageing 12+ para a cadela? Royal Canin Sterilised para os gatos? Mas também vi a situação dos cereais, e então vi a Taste of Wild…estou completamente confusa, e dentro do “bem” que eles estão, tenho medo de estragar e mexer com eles. O que me aconselha?

    Obrigada!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      24/11/2016 at 22:13

      Cara Ana Gonçalves,

      Com muitos animais, torna-se sempre difícil gerir diferentes rações. Tendo isso em conta, acho que de facto não seria mau experimentar a Taste of the Wilde, uma vez que acabam por ter poucas referências, e a divisão por idades consiste apenas em gatinho/gato e cachorro/cão. Penso por isso que pode dar uma ração de gato adulto a todos os seus gatos (excluindo apenas o mais velho, que talvez deva ficar com a ração renal) e à sua cadela poderá dar uma ração também de cão adulto. A questão dos cereais é bastante pertinente, pois de facto os cães e os gatos não comem esse tipo de alimentos quando estão em estado selvagem. Eles acabam por ser incorporados nas rações comerciais porque são fontes de proteína mais baratas. É por isso que as rações “grain free” são em geral mais caras. Penso que fará uma boa escolha, se optar então pela Taste of the Wilde.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Ana

        24/11/2016 at 22:28

        Muito obrigada pela ajuda. Eu efectivamente estou em dúvida mas mais balançada para a Tastes. Mas já agora e se me permite, em questões de proteína, não vai sobrecarregar mais os rins? E quando fala em proteínas mais baratas, arroz e cereais não é proteína, ou quer dizer que é uma forma de ter a proteína mais barata pois é misturado?
        Obrigada uma vez mais!

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          25/11/2016 at 14:22

          Ana,

          Hoje em dia já se discute se o elevado teor proteico terá assim tanta influência a nível renal, e começa-se a suspeitar que não há uma correlação directa. No entanto, parece-me mais prudente, como disse, manter a ração renal para o seu gato velhote. Quanto aos outros, pode dar-lhes uma ração mais proteica porque, de qualquer forma, os animais necessitam sempre de uma maior proporção de proteína na alimentação, em comparação com os hidratos de carbono e as gorduras.

          Quando digo que os cereais são fontes proteicas mais baratas, é mesmo assim: o milho, o arroz, a soja, o trigo e a cevada, largamente utilizados nas formulações para animais, também têm proteína pelo que, ao serem incorporados nas rações, permitem utilizar menos quantidade de carne ou peixe, o que faz com que o produto final seja mais barato.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Andreia

    05/12/2016 at 13:01

    Boa tarde doutora, tenho um Pincher com 1 ano e sempre lhe dei Royal Canin Chihuahua, mas noto que ele a cada passo vomita, não sei se é só de apanhar algumas coisas pelo chão, se terá um estômago sensível, tem sempre muita caspa. Entretanto falaram-me da ração Taste of the Wilde , estou na dúvida se faça a transição, na sua opinião qual me recomendaria ?

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/12/2016 at 21:05

      Cara Andreia,

      Muitas vezes a solução para o problema que refere passa por muito mais do que só modificar a alimentação. O mais correcto a fazer é relatar o problema ao colega que habitualmente segue o seu cão para que, juntamente com o histórico clínico dele, se tente perceber qual a razão para ele vomitar: stress, ansiedade, sensibilidade digestiva, alergia a algum componente da ração habitual, algum problema de fundo, etc. Só depois de se ter feito essa avaliação deverá pensar em alterar a alimentação, e mesmo assim, poderá ter que fazer várias tentativas até conseguir encontrar uma ração com a qual ele se dê melhor.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Ana

    20/12/2016 at 14:48

    Muito boa tarde Dra.
    Tenho uma Bulldog Francês com 4 meses, sensivelmente há 2 semanas para cá ela anda a regurgitar, pesquisei e penso que nesta raça seja comum, no entanto não fiquei descansada e fui ao VET, o qual me disse que ela estava óptima, a ganhar peso etc…e que não via razão para ela quase a todas as refeições (só tenho hipótese de lhe dar 2 vezes ao dia) regurgitar. Da sua experiência acha que poderá ser da ração (Naturea Growth), será que ela está a enjoar? Ela esta a comer esta ração desde Novembro e só começou a fazer isto agora. Já humedeci a ração, porque ela está na muda dos dentes e não mastiga bem. Outra situação é que ela depois de comer não para quieta, sempre a mordiscar os brinquedos ou a pular, etc… Como ela talvez coma algum cocozito, tb pensei que podia ser disso. Acha favorável mudar para outra ração? Sendo ela ainda pequena pode-se experimentar alguma de salmão?

    Grata pela atenção.
    Ana

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      21/12/2016 at 12:00

      Cara Ana Marques,

      Normalmente a regurgitação, sem outro problema de fundo que a provoque, está mais associada à forma voraz como alguns animais comem, em que quase nem mastigam a comida. Não me parece que tenha a ver com a qualidade da ração nem por uma questão de sensibilidade. No entanto, não há nenhuma contra-indicação para experimentar uma ração à base de salmão e verificar se continua a acontecer o mesmo.

      Poderá repartir ainda mais as refeições dela da seguinte forma: dar-lhe uma porção de manhã, antes de sair de casa; dar outra assim que chega e uma terceira, que pode ser a mais pequena, ao deitar. Talvez fraccionando ainda mais as refeições, ela deixe de regurgitar. Outra solução pode passar por lhe deixar cerca de metade do alimento diário num brinquedo dispensador de comida (estilo kong®) enquanto ela fica sozinha em casa.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Andrea Braga

    26/12/2016 at 10:16

    Bom dia Dra
    Eu tenho um problema que é ter cães sênior e uma cadela esterilizada de quase 3 anos.
    Alguns esquisitos com a comida, só um é que não.
    Gostaria de saber qual a ração indicada para todos, de modo a não prejudicar nenhum deles, mas também não andassem na taça uns dos outros.
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/01/2017 at 16:11

      Boa tarde Andrea.

      Diria que o mais indicado será dar a ração sénior a todos, nem que tenha que compensar um pouco na quantidade para a cadela esterilizada, caso ache que ela está ou começa a ficar magra ou com fome.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Carla Lourinho

    05/01/2017 at 17:13

    Boa tarde Dra. Joana,

    Tenho um cruzado de Labrador com 3,5 anos de idade. Come muito bem e não o considero um cão sedentário pois todos os dias faça sol ou chuva fazemos uma caminhada de 5 km e alguma brincadeira com bola. Acontece que o vet considera que ele tem um pouco de peso a mais, está com 39 agora e a ideia é baixar para 35 kgs. Por indicação do Veterinário faz sempre rações da Advance porque e a marca que tem á venda na clínica, no entanto estas férias perdi um pouco de tempo a pesquisar e os ingredients não me pareceram muito bons. Além de que a ração advance tem as croquets pequenas e o meu cão detesta porque constantemente se engasga chegando a vomitar. Gostaria que me aconselhasse uma boa ração para ele, neste momento estou em dúvida entre a instinct, a sam’s field e a naturea. Tenho feito muita pesquisa e tenho um pouco de receio das rações com 35% de proteína. Ajude-me por favor. Obrigada.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/01/2017 at 17:51

      Cara Carla Lourinho,

      Da experiência que tenho, a ração Advance é de muito boa qualidade. No entanto qualquer uma das rações que refere têm a vantagem de serem, salvo erro, sem cereais, o que é considerado como mais correcto, uma vez que em vida selvagem um cão inclui este tipo de alimentos na sua dieta. Apesar dos cães não serem exclusivamente carnívoros, a alimentação deles basear-se-á maioritariamente em carne e depois porções menores de frutos, tubérculos e algumas fibras vegetais. Assim sendo, uma ração com alto teor proteico estará correcta e até proporcionará uma maior deposição de massa magra (músculo), o que a longo prazo contribui para a perda de peso, pois o tecido muscular queima calorias pelo seu trabalho mecânico, ao contrário do tecido adiposo.

      Penso que poderá optar sem qualquer problema por uma dessas rações, mas a decisão entre elas terá que ser a Carla a tomar, pois não conheço o suficiente para saber se uma será melhor que a outra. Seja franca com o seu veterinário, coloque-lhe as mesmas dúvidas e aconselhe-se com ele também.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sandrine

    06/01/2017 at 19:11

    Olá, boa noite, tenho um Pastor Alemão (fêmea) de 20 meses e sugeriram me a ração True Instinct de Salmão por não ter cereais abaixo descrevi a composição eu já lhe dei e ela adorou mas também me parece que a quantidade seja pouco e que ela me fica com fome.
    Ela pesa 25 kg o que me diz da ração é um ótima ração..

    Muito obrigada pelo tempo dispensado

    Ingredientes:
    Salmão* (23 %), frango desidratado (18 %), ervilhas desidratadas* (13 %), farinha de ervilha*, porco desidratado (8 %), manteiga (7 %) (estabilizada com tocoferóis naturais), batata desidratada* (7 %), grão desidratado*, hidrolisado de proteína (3,5 %), polpa de beterraba*, minerais, óleo de peixe (0,5 %), maçã desidratada*(0,35 %), cenoura desidratada* (0,35 %), brócolos desidratados*, frutos vermelhos desidratados* (0,01 %).
    Aditivos:
    Aditivos nutricionais:
    Vitamina A 30000 IU, vitamina D3 2000 IU, vitamina E 450 mg, vitamina C (ascorbil monofosfato de sódio e cálcio) 350 mg, sulfato de ferro monoidratado 237 mg (ferro: 78 mg), iodeto de potássio 1,7 mg (iodo: 1,3 mg), sulfato de cobre pentaidratado 30 mg (cobre: 8 mg), sulfato de magnésio monoidratado 112 mg (magnésio: 37 mg), sulfato de zinco monoidratado 527 mg (zinco: 185 mg), selenito de sódio 0,2 mg (selénio: 0,1 mg) Constituintes analíticos:
    Proteína 33 %, teor de gordura 20 %, fibras brutas 3 %, matéria inorgânica 7,5 %, ómega 3 1 %, ómega 6 1,5 %

    Componentes analíticos

    Proteína 33.0 %
    Gordura 20.0 %
    Fibra 3.0 %
    Ácidos gordos Omega-3 1.0 %
    Ácidos gordos Omega-6 1.5 %

    Quantidades recomendadas pelo fabricante em g/dia:
    Peso do cão Atividade normal Atividade elevada
    10 kg 135 g 160 g
    20 kg 225 g 275 g
    30 kg 305 g 370 g
    40 kg 380 g 460 g
    55 kg 480 g 580 g

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      07/01/2017 at 22:05

      Bom dia Sandrine.

      Pela observação da composição e dos ingredientes também me parece ser uma excelente ração. Deve ter em conta que as quantidades indicadas na embalagens são meramente indicativas. Há animais que precisam de comer mais, outros nem por isso. Deverá tentar avaliar se a sua cadela quer comer mais porque fica com fome (e nesse caso deverá estar um pouco magra) ou se é apenas porque gosta da ração e comeria mais por pura gulodice. Será uma questão de tentar perceber qual a quantidade mais apropriada para ela.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Paulo Melo

    07/01/2017 at 16:44

    Boa tarde Dr. Joana Brito,

    Tenho um gato Norueguês das Florestas com 14,5 anos. Sempre foi muito saudável e activo.
    Até há 4 anos e pouco andou movido a Hills. Daí para a frente foi sempre com a ração Specific. Primeiro a normal para adulto e desde há 7 anos com a FGD para seniores.
    Há coisa de duas semanas iniciei um novo saco comprado uns dias antes. Coincidentemente ou talvez não, passado dois ou três dias após a abertura desse novo saco verifiquei que o gato aumentou consideravelmente o consumo de água e, na mesma proporção, de produção de urina. Não notei outras alterações, mantendo um bom apetite.

    Há cerca de 3 dias iniciei um teste que consistiu na redução de 50% da quantidade diária de ração. Teve como aparente consequência a redução para valores mais ou menos normais do consumo de água e produção de urina, tendo o gato andado um tanto ansioso a requer mais comida durante esses dois dias.

    Ontem repus-lhe a quantidade normal de ração consumida e o gato demonstrou pouca vontade em a comer, o que se mantém até hoje. Verifiquei também que desde ontem as fezes produzidas são muito moles, comparativamente ao normal, além de estar com pouca vitalidade. Ao nível da água continua a bebê-la normalmente.

    Confirmei entretanto que a Specific alterou a fórmula da ração FGD desde Novembro último . Sendo que isto aumenta ainda mais o grau de coincidências.

    Acha que poderá haver uma relação de causa-efeito, nomeadamente com origem na ração? Devo testar com outra ração?

    Muito obrigado!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      11/01/2017 at 16:24

      Boa tarde.

      As alterações notadas podem dever-se, efectivamente, à alteração da fórmula mas, dado que se trata de um gato com 14 anos, seria mais prudente consultar o veterinário para efectuar um check-up (Consulta e análises), uma vez que, com essa idade, já é muito frequente haver alteração no funcionamento renal. Apesar de ter alterado a ração e todas as alterações parecerem bater certo com isso, o facto de ter feito essa mudança pode ter funcionado como um factor de stress que veio a revelar um problema que até aqui poderia ser “silencioso” e passar despercebido. Aconselho fortemente que o seu gato seja observado para colocar de parte algum problema de saúde, para depois poder, com mais segurança, preocupar-se apenas com a alimentação dele.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Milena Azeredo

    09/01/2017 at 17:27

    Tenho um filhote de Poodle de 2 meses, que está com os pelinhos muito fininhos e ralos. Ele estava comendo a ração pedigree equilíbrio natural, mas notei que os pêlos estão assim e caem com facilidade, porem não tem buracos, nem nenhuma lesão na pele, ele só tem o pêlo bem fininho e ralo (para poodles).
    Gostaria de saber qual a melhor ração para ele. Royal Canin ou Hills?
    Agora ele está comendo Ciclos Evolution, filhotes e raças pequenas e medias (está comendo há dois dias).

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/01/2017 at 16:09

      Boa tarde.

      Antes de mais, convém referir que o facto do seu cão ter o pêlo mais ralo e fraquinho, pode dever-se a algum problema dermatológico ou outra questão de saúde e não ser da exclusiva responsabilidade da ração que lhe dá. Das marcas que ele come actualmente não conheço nenhuma, mas em relação à Hill’s e à Royal Canin, prefiro a primeira. No entanto, mesmo que opte por lhe dar uma destas marcas, não deve deixar de levá-lo ao veterinário para colocar de parte a hipótese do seu cão ter algum problema que lhe condicione o aspecto e a saúde do pêlo.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Pedro

    14/01/2017 at 03:40

    boa noite. temos um cão da raça labrador com dois meses, começamos a dar-lhe ração royal canine labrador junior. gostaria de saber se considera uma boa ração, e se por este preço na sua opiniao existe melhor. Obrigado pela sua disponibilidade.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      16/01/2017 at 16:59

      Sim, a Royal Canin de Labrador é uma boa ração se bem que, a meu ver, a segmentação por raça torna-se um pouco excessiva e redundante. Pode optar, dentro da RC, por dar uma ração Puppy para raças grandes. Em relação a outras marcas, e falando de preço, talvez encontre boas marcas, até sem cereal, praticamente pelo mesmo valor (Origen, Naturea, Taste of the Wild, etc).

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Patrícia Leitão

    16/01/2017 at 19:04

    Boa tarde. Gostaria de saber uma informação importante. Inicialmente quando levei o meu shih tzu à primeira vacina numa clinica veterinária, foi-me apresentada a ração Specific, e pensei eu que seria uma óptima ração super premium, comecei a dar-lha. Actualmente comecei a ter mais noção de quais os ingredientes indicados numa ração, e qual foi o meu espanto quando reparei que no pacote da ração diz que tem subprodutos de carne e subprodutos de peixe. No entanto, fui ao site da marca, e a algumas lojas online que a vendem, e nunca na descrição da composição aparece subprodutos. A Specific tem realmente subprodutos, ou existe “mais do que uma” Specific?
    Agradecia feedback,
    Muito obrigada
    Patrícia Leitão

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      29/01/2017 at 10:16

      Boa tarde.

      A Specific, tal como tantas outras marcas, tem subprodutos. Normalmente são incorporados sob a forma de farinha ou de óleos, para facilitarem a agregação e a mistura de todos os constituintes da ração. É algo que não é forçosamente mau, nem de má qualidade, mas que deverá aparecer numa pequena percentagem da composição global da ração.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Cátia Santos

    29/01/2017 at 09:02

    Bom dia Dra. ,
    Eu tenho uma cadela (SRD) com 2 anos e meio, foi esterilizada antes de ter o primeiro cio, e passou praticamente da ração junior para Specific Weight Reduction (não por ela estar gordinha na altura, mas sim porque tinha outra cadela com esse problema). Contudo, isso não evitou que após a operação e aos poucos ele viesse a alargar na zona abdominal. Actualmente ela tem cerca de 2 kg a mais para o peso ideal e já tentei mudar a ração, mas o mesmo não tem vindo sortir grande efeito. No máximo perdeu 500g. Já passou pela Royal Canin Satiety weight management e agora está com a Virbac Calorie Regulation. Li alguns comentários e vi que sugere a Hills Metabolic e de facto é uma ração que ainda não experimentei. Contudo gostaria de saber a sua opinião uma vez que se trata de uma cadela activa, com treino regular (praticamos agility) e devo mencionar que não uso biscoitos como forma de recompensa mas sim uma bola. Já ponderei mandar fazer análises afim de poder descortinar qualquer “anomalia” que possa existir.
    Desde já muito obrigada pela atenção.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      10/02/2017 at 20:59

      Cara Cátia,

      Se já experimentou várias rações para perda de peso e não obtém os resultados esperados, será de facto recomendável pesquisar algum problema subjacente. Num animal adulto jovem iria medir a concentração da T4 Total (para além de uma perfil geral básico) pois, a haver algum problema que afecte o metabolismo, este seria o mais provável. Se tudo estiver tudo bem pode então experimentar outra ração como por exemplo a Hill’s Metabolic. Outra alternativa, e tendo em conta que tem um animal com grande actividade física, também pode experimentar dar-lhe uma ração com uma concentração alta de proteína e baixo teor em hidratos de carbono (normalmente as rações sem cereais cumprem estes requisitos).

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • Joāo Xavier

    10/02/2017 at 19:33

    Dra. Joana,

    Tenho um British Shorthair com 5 anos e esterilizado. Gostaria de lhe dar a raçāo mais adequada e da melhor marca do mercado. Como a Dra. é excepcionalmente bem informada sobre alimentaçāo animal (o que ñ acontece com muitos bons veterinários) venho pedir a sua ajuda, sei que há uma raçāo específica para esta raça, mas ñ é Super premium . A raçāo Neutered young Male é boa, ou existe outra superior?
    Muito obrigado
    Joāo Xavier

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/02/2017 at 20:28

      Caro João,

      À partida, as melhores marcas do mercado serão aquelas que se dizem sem cereais e com altos teores proteicos (pelos menos 30% de carne/peixe), pois tendem a aproximar-se mais da alimentação natural. Existem várias marcas deste género no mercado, sobejamente conhecidas, como a Acana e a Origen, mas será sempre uma questão de procurar informação sobre as mesmas. No que se refere à Neutered Young Male também me parece uma boa escolha para um animal com as características que refere.

      Joana Brito
      (Médica Veterinária)

      Responder

  • Pedro

    11/02/2017 at 22:57

    Boa noite.
    Temos um labrador chocolate com 3 meses. A ração que damos é royal canin labrador. O que acontece é que ultimamente o mesmo após fazer as necessidades ingere as mesmas, a minha duvida é se tem algo a ver com a ração.
    Obrigado pelo possível conselho.
    Cumprimentos.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/02/2017 at 20:27

      Caro Pedro,

      A ingestão das próprias fezes pode estar relacionada com a alimentação, principalmente se a mesma é de má qualidade, o que não será o caso do seu cão. Pode haver, no entanto, algum tipo de nutriente que não está a ser devidamente absorvido e que lhe provoque esse comportamento, ou estar até relacionado com a dose (se achasse que o seu cão fica com fome). Contudo, pode haver outras razões para a coprofagia, nomeadamente comportamentais. Este acontecimento é bastante relatado em cachorros e felizmente não costuma durar muito tempo e em quase todos os casos acaba por passar. Evite punir o seu cão quando defeca em locais onde não é suposto; afaste-o simplesmente do sítio e de preferência limpe os dejectos sem ele ver. Verifique se a quantidade de ração está adequada ao desenvolvimento do seu cão (mesmo que respeite a quantidade indicada na embalagem, ela pode ser insuficiente). Não deixe a ração à disposição; divida-a em porções diárias (2-3 refeições), de modo a diminuir também a frequência de eliminação fecal. Também existem produtos que se colocam na comida para conferirem um sabor desagradável às fezes para que os animais não as ingiram.
      Espero que estes conselhos resultem.

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

  • sandrine

    05/03/2017 at 18:21

    Olá, boa tarde.

    Tenho uma pastora alemã à qual estou a dar ração intinct de salmão sem cereais, mas noto que há uns dias para trás ela já não a come tão bem como no princípio. Tenho a experiência que ela enjoa da ração sendo sempre do mesmo sabor. A minha dúvida é se será que posso mudar o sabor!

    Queria mudar para a de cordeiro, mas esta já tem cereais, não tem tanta proteína, gordura, etc, o que me deixa um bocado em dúvida porque pelo que tenho lido não é muito apropriada. Abaixo descrevo a ração.

    Componentes analíticos
    Ingredientes:
    Borrego* (17,5 %, com 4 % de fígado), frango desidratado (17 %), arroz integral*, cevada integral*, ervilhas desidratadas*, manteiga (7,5 %) (estabilizada com tocoferóis naturais), aveia* (4 %), porco desidratado (4 %), hidrolisado de proteína (3,5 %), polpa de beterraba*, sementes de linhaça*, minerais, óleo de peixe (0,5 %), maçã desidratada* (0,35 %), cenoura desidratada* (0,35 %), brócolos desidratados* (0,15 %), frutos vermelhos desidratados* (0,01 %)
    Aditivos:
    Aditivos nutricionais:
    Vitamina A 30000 IU, vitamina D3 2000 IU, vitamina E 450 mg, vitamina C (ascorbil monofosfato de sódio e cálcio) 350 mg, sulfato de ferro monoidratado 237 mg (ferro: 78 mg), iodeto de potássio 1,7 mg (iodo: 1,3 mg), sulfato de cobre pentaidratado 30 mg (cobre: 8 mg), sulfato de magnésio monoidratado 112 mg (magnésio: 37 mg), sulfato de zinco monoidratado 527 mg (zinco: 185 mg), selenito de sódio 0,2 mg (selénio: 0,1 mg) Constituintes analíticos:
    Proteína 28 %, teor de gordura 17 %, fibras brutas 3 %, matéria inorgânica 6,5 %, ómega 3 0,4 %, ómega 6 1,6 %

    Não há problema em mudar para esta? Noutro comentário eu também já descrevi a do sabor de salmão.

    Peço desculpa pelo “testamento”, mas obrigado desde já.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      07/03/2017 at 16:51

      Boa tarde Sandrine.

      Essa ração também me parece ser de boa qualidade e não terá mal nenhum em mudar, desde que o faça de forma gradual (misturando com a anterior durante alguns dias), para que não haja uma reacção gastro-intestinal (normalmente manifestada por diarreia).

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • sandrine

    23/03/2017 at 20:26

    Olá boa noite, gostaria de saber a sua opinião sobre estas almôndegas de carne crua para cães.

    Abaixo descrevo

    Muito obrigada

    Feito com frango delicioso gama livre, e misturado com o nosso mix especial de vegetais, arroz integral, vitaminas e minerais. Nossas refeições cruas completas e nutricionalmente equilibradas prontas são simples de servir e fornecer seu cão com todos os nutrientes vitais que eles precisam em uma base diária.

    Contém ossos picados crus para o valor nutritivo adicionado.

    Fácil de servir, pronto refeição pronta. Basta contar a quantidade de nuggets necessários, descongelar e servir.

    Nós só usamos qualidade, carnes grau humano em nossas refeições crus, e absolutamente nenhuma carne refeições ou derivados de carne. Todas as nossas refeições completas e equilibradas são aprovadas veterinariamente e feitas para as diretrizes FEDIAF.

    Galinha (45%), Arroz integral (13,5%), Ervilhas (10%), Cenoura (10%), Sueco (10%), Salmão (5%), Fígado (5%), Minerais, Extrato, extrato de semente de uva

    Proteína (12%), Óleo & Gorduras Brutos (6%), Cinza Bruto (2%), Fibras Brutas (1%), Humidade 70%.

    Vitamina A 1,500iu, Vitamina D 150iu, Vitamina E 21mg. Elementos de rastreio: óxido de zinco 39mg, sulfato de ferro monohidratado 30mg, sulfato de cobre pentaidratado 11mg, iodato de cálcio anidro 0.65mg, levedura de Se-lenium inativado 13.2mg / kg.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      25/03/2017 at 17:41

      Cara Sandrine,

      Não vejo qualquer inconveniente em fornecermos essas almôndegas aos nossos cães. Trata-se de um alimento BARF (Biologically Appropriate Raw Food) pelo que, desde que o animal não tenha nenhuma sensibilidade conhecida a nenhum dos componentes das almôndegas, não há qualquer problema em comê-las.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Susana

    29/03/2017 at 16:40

    Boa tarde, tenho um gatinho que fez 1 ano há menos de duas semanas, veio para mim com 2 meses e sempre comeu Royal canin, primeiro baby, depois kitten, aos seis meses depois de ser castrado dei kitten sterilised. Agora estará na hora de comprar nova ração e gostaria de saber se deve se dar sempre sterilised, ou se pode variar, e já agora se dentro da Royal canin existem outros sabores, que não sempre o mesmo. Comprei em tempos um saquinho pequeno de advance salmão e de vez em quando dou um pouquinho e ele adora. Queria então saber o que dar, e como variar para não ser sempre o mesmo. Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      29/03/2017 at 19:23

      Cara Susana,

      Se o seu gatinho já foi esterilizado, aconselho que lhe mantenha uma ração adequada para gatos nessa condição. Como a Royal Canin não dispõe de sabores diferentes nessa variedade de ração, caso deseje alternar os sabores deverá escolher uma marca de ração que lhe coloque à disposição vários sabores ou então optar por uma ou duas marcas equivalentes cujos sabores sejam diferentes.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Angelina

    13/04/2017 at 08:28

    Boa tarde. Tenho uma labradora. Praticamos bastante desporto. De momento dou Purina Friskies (para cachorros) e futuramente se continuasse com Friskies passaria para Maxi porque pareceu-me adequada tendo em conta que uma das suas carateristicas diz que “Ajuda a manter as articulaçies sadias”. No entando já me disseram que Purina nao é assim tao boa e que dentro dessa a Dog Show seria melhor. Infelizmente nao tenho dinheiro para raçoes muito mais caras –
    -super premium. Já me recomendaram Libra (mas também vi muitas pessoas que nao se deram bem com a raçao) e também Petfield.
    Gostaria muito de saber a sua opiniao sobre estas “marcas mais baratas” e qual entre elas poderá parecer-lhe a mais adequada para a minha cachorra. Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/04/2017 at 12:04

      Tratando-se de um cachorro de raça grande, como é o Golden Retriever, e ainda mais se a actividade física é intensa, é de extrema importância apostar numa ração. De facto, de entre as marcas que referiu, tenho bom feedack da Petfield. Além de parecer ter uma composição adequada, tem uma boa relação qualidade/preço, mesmo na categoria Puppy (que em geral é mais cara).

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Mª João

    13/04/2017 at 11:47

    Bom dia,

    Gostaria de saber a sua opinião sobre as rações da marca Petfield e Dingo. Não tenho possibilidades de comprar uma ração mais cara, por exemplo da gama da Naturea.
    A minha cadela tem quase 3 anos, pesa 27 Kg e tem problemas nas articulações (fibrose cronica).

    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/04/2017 at 12:07

      Bom dia. Das rações que referiu apenas trabalho com a Petfield e tenho bom feedback, além de ter uma boa relação qualidade/preço. Contudo, se a sua cadela tem problemas articulares, acho que lhe compensaria fazer o esforço de lhe dar uma ração apropriada para essa condição, uma vez que poderá poupar em consultas extra e medicação complementar em situações de crise em que ela demonstre ter mais dor ou desconforto. As rações para problemas articulares são, em geral, mais dispendiosas, mas consegue adquirir algumas com preços mais baixos como por exemplo a Advance Articular Care. Geralmente estas rações também controlam o ganho de peso, que é sempre um factor muito importante no maneio dos problemas articulares.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Maria

    25/04/2017 at 14:59

    Dra Joana,

    A minha cadelinha bulldog francês foi esterilizada com 6 meses, desde essa altura alterei a ração, por aconselhamento veterinário, para Specific adulto;

    Está a resultar muito bem, gostaria apenas que me ajudasse… tendo ela 6 meses e meio, comendo apenas ração para adulto nao irá criar lacunas nas necessidades que as rações de crescimento providenciam?! Posso conjugar a Specific adulto com a Taste of The Wild Puppy salmao?!

    Percebo que o aconselhamento pela Specific adulto seja no sentido de prevenir um aumento de peso, mas cumprindo a dose diária recomendada consigo preveni-lo?!

    Muito obrigada!!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      25/04/2017 at 17:04

      Olá Liliana.

      A indicação de mudança de ração aquando da esterilização tem a ver com o ganho de peso que pode ocorrer depois deste tipo de intervenções cirúrgicas, uma vez que o metabolismo desacelera. A partir dessa altura as necessidades calóricas são mais baixas, pelo que o alimento deverá ser menos energético. A decisão de mudar ou não de ração, também tem a ver com a condição corporal do animal no momento da esterilização. Se se tratar de um animal que é magro ou elegante, podemos optar por manter o mesmo tipo de alimentação e só fazer a alteração quando ele entrar na fase adulta ou se começar a ganhar muito peso. Se, por outro lado já se trata de um animal que tem tendência para o excesso de peso, é aconselhável que se mude a alimentação logo nesse momento.

      Também convém referir que a maioria dos animais jovens são esterilizados com cerca de 6 meses ou mais de idade, quando o crescimento já não é tão acentuado, pelo que só por si, também já não precisarão de um alimento tão calórico, pelo que se pode fazer a referida alteração.

      Se o veterinário da sua cadelinha recomendou que fizesse a mudança, por certo ele avaliou a condição corporal dela e concluiu que não haveria nenhum inconveniente em passar já para uma ração apropriada para animais esterilizados.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Paula Cervi

    17/05/2017 at 10:59

    Bom dia Drª Joana,

    Tenho um gato Persa castrado com 1 ano e meio. Sempre lhe dei a RC Sterilised após a castração, mas ao ver artigos sobre rações e testes de avaliação na proteina, verifiquei que esta embora boa, ficava atras da Purina One Sterilcat Vaca, pois tem mais proteina de carne que a RC. Optei por mudar, e o meu gato tem-se dado bem com ela, comprei a Purina One sterilcat e também a ProPlan Sterilcat (optirenal). Neste momento estou a misturar das duas pois penso que a Proplan seja melhor visto também ter o componente optirenal que é algo que me preocupa imenso nos gatos. Na sua opinião posso alternar estas duas rações visto serem da Purina ambas, ou devo dar somente uma delas? A Proplan é mais cara, mas gostaria que me informasse se a Purina One Bifensis Sterilcat é boa e poderei manter essa, visto ser mais acessivel ou sera melhor a Proplan?

    Grata desde já,

    Atenciosamente
    Paula Cervi

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      24/05/2017 at 21:54

      Boa tarde Paula.

      Se o seu gato se dá bem com essas duas rações, poderá manter ambas e nem precisa de misturar, pode ir alternando nas refeições. A outra ração que refere, Purina One Bifensis Sterilcat, não conheço, pelo que não posso dar opinião. Pode sempre experimentar e tentar apreciar se surgem diferenças.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Alessandra

    04/07/2017 at 21:29

    Dra. Boa noite! Em primeiro lugar agradeço muito por sua paciência e atenção. Estou adquirindo um filhote de Spitz Alemão laranja que vem de um criador muito cuidadoso com Lop e Afixo. Ele chegará na sexta feira com 2 meses e 7 dias. No Brasil meu último cachorro era um Rotweiller e só comia Eukanuba que na época era a melhor ração!! Agora quero fazer o mesmo visto que se no Brasil os preços eram absurdos e eu conseguia dar a melhor ração, então aqui que é bem mais barato e agora um cachorro tão pequenino quero dar a melhor das melhores e não me importa o preço. Andei pesquisando e vi que a Eukanuba já não é tão famosa e boa como antes! Andei o dia todo hoje conversando com vendedores sobre as rações e as respostas divergem bastante. Metade dos vendedores dos pet shows me indicaram como a melhor das melhores sendo a Naturea que é biológica livre de cereais etc..mas confesso que fiquei na dúvida pois nunca ouvi falar e parece ser uma ração relativamente nova e tenho dúvidas quanto a rações novas . Meu filhote é um exemplar de mil euros e nunca me dei ao luxo de comprar um cachorro filho de campeão com títulos etc..sempre resgatei cachorros no Brasil castrei doei é só hoje tive a chance de comprar um filhote nesse nível portanto quero dar o que existir de melhor. Lá no Brasil conhecia como as melhores Hills, Eukanuba e ProPlan e nada mais além disso! Aqui uns me falaram que a melhor é a Taste of the Wilson outros dizem que é a Naturea, mas ainda fico com a sensação de que a Hills é a melhor das melhores e mais conhecida. Entre estas Dra. Ou se existir outra que é ainda melhor qual me sugeriria? Qual eu poderia confiar com 100% de tranquilidade e caso ele não ficasse bem qual estaria em segundo lugar? Desculpe mas preciso muito optar pela melhor ou então escolher entre umas 4 topo de gama já que estou a viver em Portugal e posso comprar rações que no Brasil eram impensáveis. Obrigada de todo coração e por favor se puder me fornecer seu contato gostaria muito que fosse a médica do meu filhote, pois sua atenção é incrível. Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/07/2017 at 15:19

      Boa tarde Alessandra.

      Agradeço desde já os seus comentários tão simpáticos.

      De facto existem actualmente variadíssimas marcas de ração, muitas delas desconheço e posso até, ao longo deste extenso blog de troca de impressões, ter cometido já alguma injustiça para com alguma marca específica, uma vez que não é possível conhecer em pormenor todas as marcas existentes no mercado.

      De entre as marcas mais conhecidas no mercado, a minha escolha de eleição é a Hill’s. Fundamento a minha opinião mais pelos resultados que consigo obter quando recorro às dietas específicas para determinada patologia, e vejo realmente os resultados pretendidos. Da experiência que tenho tido, o único senão, para além do preço, é talvez a palatibilidade, pois muitos animais não a comem com muita satisfação. Depois temos as vertentes das rações sem cereais, cuja vantagem pode ser discutível, e aí a minha escolha recai mais sobre a Acana. A Taste of Wild também poderá ser boa, já tenho tido bom feedback, mas não trabalho com ela, pelo que não posso opinar.

      Espero que a minha opinião a ajude a fazer uma boa escolha!

      Joana Brito (Médica Veterinária)

      Responder

      • Alessandra

        18/07/2017 at 17:25

        Obrigada Dra. Joana por sua amável resposta. Seu carinho e atenção connosco é impressionante. Comprei a Hills puppy pois também me senti mais confiante. Já vou marcar de imediato a primeira consulta dele com a Dra Joana para dia 27, quando deve ser feita a quarta vacinação. Nos veremos em breve. Obrigada pelo carinho.

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          19/07/2017 at 10:27

          Muito obrigado pela preferência, Alessandra! Cá a esperamos, mais ao seu cachorrinho.

          Responder

  • Alessandra

    04/07/2017 at 21:31

    Corrigindo: *Taste of the Wild

    Responder

  • Alessandra

    04/07/2017 at 21:32

    Observação: já apareceu para mim seu contato abaixo. Obrigada não havia visto

    Responder

  • Inês duarte

    12/07/2017 at 00:07

    Boa tarde, tenho algumas dúvidas sobre a ração AdvAnce. Sempre usei Purina, entretanto falaram-me na AdvAnce mas como nunca ouvi falar fiquei na dúvida. A nível de qualidade pode-me dizer qual a melhor? Se a Purina, a AdvAnce ou ainda a Royal Canin? Obrigada, Inês Duarte.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      13/07/2017 at 15:02

      Boa tarde Inês.

      A ração Advance está classificada como Super Premium, pelo que será uma ração tão boa quanto a Royal Canin. Daquilo que vejo nos animais que sigo e que comem Advance, parece-me uma ração muito boa e não tenho até agora qualquer defeito a colocar.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Júlia Carvalho

    17/08/2017 at 13:00

    Boa tarde,

    Venho pedir a sua opinião sobre algumas rações.
    Tenho uma cachorrinha terra-nova de 3 meses que no inicio teve alguns problemas com diarreias aquando da tentativa de introduzir a ração Royal Canin Giant Puppy. Na altura, por recomendação do veterinário esteve a comer Royal Canin Gastrointestinal Junior, até a situação normalizar. Quando acabou o tratamento decidi mudar para Acana Large breed puppy. Tive o cuidado de fazer uma transição lenta, mas agora que comecei a dar apenas a Acana ela parece ter fezes mais moles. Para além disto o pelo parece cair mais (pode ser apenas a mudança, não sei) e o pior é que começaram a aparecer uma espécie de borbulhas na barriga da pequena. Ela não parece ter comichão, mas não consigo parar de pensar que pode ser alérgica a algum componente da ração ou não se estar a dar muito bem com ela.

    Como ouvi dizer que muitos cachorros não se dão muito bem com rações sem cereais, estive a pensar em mudar para a ração Natura diet large breed puppy, por ser uma ração de peixe e ter arroz. Pode ser que se dê melhor com ela. Qual é a sua opinião? Deva mudar ou continuar a dar Acana? Ou haverá outra ração mais adequada?

    Deixo abaixo a descrição das duas rações:

    Natura Diet Puppy Junior Large Breed

    Ingredientes
    Salmão desidratado (35%), arroz (20%), borrego desidratado, arroz integral, gordura de frango (9%), concentrado de proteínas vegetais AD*, maça desidratada (4%), levedura de cerveja, ovo em pó, óleo de salmão (1%), óleo de linhaça, cloreto de potássio, PROHEALTH (1%): extrato de mexilhão de lábio verde, extrato de krill, cenoura desidratada, tomate desidratado, rosa da índia desidratada, alfalfa desidratada, algas desidratadas, extrato de semente de dente de leão, bróculos desidratados, extrato de semente de chá verde, camomila desidratada, extrato de citrinos, óleo de borragem, extrato de semente de orégãos, extrato de semente de cardo mariano, mirtilos, L-carnitina, taurina, FOS, MOS, probióticos, PROSAFE COMPLEX (0,03%): alecrim, cravo, pomelo e extrato de uva desidratados, óleos vegetais ricos em alfa-tocoferol.
    *assimiláveis e digestíveis.
    Condroítina (1000mg/kg), Glucosamina (1000mg/kg).

    Análise dos constituintes
    34% de proteína bruta
    14% de óleos e gorduras brutas
    2% de fibra bruta
    7,5% de cinzas brutas
    1,15% de cálcio
    0,85% de fósforo
    10% de humidade

    Acana puppy large breed:

    Ingredientes: frango desossado fresco (16%), frango desidratado (15%), peru desidratado (14%), lentilhas vermelhas, ervilhas verdes inteiras, miúdos de frango fresco (fígado, coração, rim) (6%), arenque do Atlântico desidratado (4%), ovos inteiros frescos (4%), linguado inteiro fresco (4%), óleo de arenque (3%), alfafa curada ao sol (2%), feijão (2%), lentilhas verdes, ervilhas amarelas inteiras, fibra de ervilha, gordura de frango (2%), cartilagem de frango fresco (2%), alga castanha, curgete fresca, abóbora, pastinacas frescas, couve-de-folha, espinafres frescos, mostarda preta, folhas de nabo, cenouras frescas, maçãs frescas Red Delicious, peras Barlett frescas, fígado de frango liofilizado, fígado de peru liofilizado, mirtilo, oxicocos, raiz de chicória, cúrcuma, cardo mariano, raiz de bardana, lavanda, raiz de malvaísco, fruto de rosa.

    Componentes analíticos: proteína (33%), conteúdo de gordura (15%), cinza bruta (7%), fibras brutas (6%), cálcio (1,4%), fósforo (1%), ácidos gordos ómega 6 (2,4%), ácidos gordos ómega 3 (1,2%), DHA e EPA de (0,4%), glucosamina (1400 mg/kg), condroitina sulfato (900 mg/kg).
    Aditivos: zinco.
    Conservantes: Vitamina E (alfa-tocoferol).
    Energia metabolizável (medida): 3375 kcal/kg.

    Muito obrigada,

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      22/08/2017 at 14:15

      Cara Júlia Carvalho,

      Antes de mais, peço desculpa pela demora na resposta.

      Se existem na sua cadelinha alguns sinais que lhe desagradam, relativamente ao efeito que a ração actual possa estar a ter nela, penso que será melhor mudar de ração. A experiência que tenho com a Natura Diet não é grande e alguns donos também me têm relatado episódios de diarreia/fezes moles com essa ração. A composição da ração parece-me boa, mas não é garantido que a consistência das fezes venha a ser normal. Talvez recomendasse voltar a fazer a gastro-intestinal da Royal Canin (uma vez que depreendo pela sua descrição que a sua cachorra melhorou) até obter a consistência desejada nas fezes e depois introduzir gradualmente uma ração fisiológica adequada para a idade dela. Se da primeira vez não resultou muito bem a introdução da Royal Canin Large Breed, experimente por exemplo a Hill’s Puppy Large Breed.

      Aconselhe-se também com o seu médico veterinário. Ninguém melhor do que ele para poder ajudá-la em relação a esta questão.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Leonor Assis

    08/09/2017 at 16:22

    Boa tarde,

    Tenho tenho um gatinho com 2 anos que desde os 8 meses comia Royal Canin Persian kitten, a certa altura começei a dar-lhe ração da marca Acana. Não sei se teve alguma coisa a haver com a ração mas teve uma fase em que esteve com diarreia. Estava bem e de repente corria desorientado e sujava-se todo, já fazia sem dar por nada, via-se que tinha dores. Ele apresenta também as gengivas muito vermelhas desde que o tenho ou seja desde os 8 meses. A médica veterinária disse que é uma doença auto-imune. Por não se ter a certeza do que provocou a diarreia o Fred começou a comer Royal Canin gastrointestinal feline veterinary. Fez-se o teste para ver se era FILV e FELV positivo mas graças a deus deu negativo. tenho mais 3 gatinhas com cerca de um ano e dois pequeninos com quatro meses. Os pequeninos comem Royal Canin pediatric groth. As gatinhas estão a comer gastro intestinal também embora os pequenos de vez em quando vão às tijelas e acabam por comer alguma gastroinestinal. Aconselharam-me a mudar para um ração sem cereais. Uma das gatinhas está a ficar um pouco gordinha e encomendei a gastointestinal moderate calories. A médica veterinária diz que podem todos comer gastrointestinal sempre que não há melhor ração. Comparei ingredientes da Acana, Orijen e Hills. No meu ver a Orijen é a melhor das 3. A médica veterinária diz que podem todos comer gastrointestinal sempre que não há melhor ração. O que me aconselha? Continuam a comer gastrointestinal mas moderate calories para não engordarem ou dou-lhes uma ração sem cereais? O que é mais saudável?? Estou confusa! Também li uma noticia que a ração da Orijen por ser sujeita a irradiação pode causar ataxia ou paralisia dos membros. Deixo aqui o link https://www.ava.com.au/sites/default/files/documents/Other/Orijen_Australia_Consumer_Release.pdf
    Muito obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/09/2017 at 11:46

      Bom dia Leonor.

      A diarreia do seu gatinho pode ter-se devido, de facto, à alteração do alimento. Desconheço se fez uma transição gradual mas, mesmo fazendo-a, é possível que haja alterações gastro-intestinais e, por muito bom que seja determinado alimento, um determinado indivíduo pode não o tolerar tão bem. Sou da opinião que, quando os animais se dão bem com determinado tipo de alimento é melhor não mudar. Se os seus gatinhos se dão bem com a gastro-intestinal, e uma vez que poderão comê-la sempre, deverá mantê-los com essa ração.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Ana

    19/09/2017 at 23:12

    Olá Dra. Muito obrigada uma vez mais pelo post esclarecedor.
    Tenho uma dúvida relativamente às rações e gatos com diferentes idades
    Tenho 7 gatos, um deles quase insuficiente renal crônico. Está internado a soro.
    Esse gato ja come Royal Canin Renal há uns anos. Os outros gatos têm idades entre os 10 e os 2 anos. A ração que dou sei que não é a melhor, não será a pior também, mas quero tentar investir num futuro duradouro deles. A minha dúvida prende-se com o tipo de ração a dar, uma vez que é difícil conseguir controlar cada variedade para cada idade. Aconselha, deste modo a dar ração sénior a todos? Agora obviamente preocupa-me a doença renal, talvez esteja demasiado focada nisso, mas realmente queria tentar garantir que eles vivam com mais saúde.
    Obrigada Dra.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      20/09/2017 at 14:08

      Cara Ana Gonçalves,

      Se coexistem gatos em diferentes estadios etários, mas todos adultos, e é difícil dar a ração adequada para cada um, o melhor a fazer é escolher o “mal menor” e optar por dar ração sénior a todos ou então uma ração para gato adulto com teores de fósforo e proteínas controlados (em geral existe um ícone na embalagem que indica “protecção renal”).

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Ana Gonçalves

        21/09/2017 at 10:29

        Obrigada Dra!
        Uma vez que o gato com insuficiência renal já come Royal, a minha cadela com 12 anos também, tinha pensado na Royal Canin Ageing 12+. Os componentes analíticos são:Proteína bruta: 30% – Matéria gorda bruta: 19% – Cinza bruta: 5,3% – Fibra bruta: 4,4% – Fósforo: 0,6%. Parece-lhe uma boa opção?
        Ainda dentro da ageing, há a normal e a esterilizado que tem os valores de Proteína bruta: 30% – Matéria gorda bruta: 15% – Cinza bruta: 5,5% – Fibra bruta: 5% – Fósforo: 0,6%.

        Isto de escolher rações é complicado!!

        Responder

        • Bola de Pêlo
          Bola de Pêlo

          21/09/2017 at 14:44

          Boa tarde Ana.

          Parece-me uma boa opção, mas deve ter em atenção a condição física dos gatitos, uma vez que essa ração tem uma percentagem de matéria gorda superior.

          Joana Brito
          Médica Veterinária

          Responder

  • Cristian

    25/09/2017 at 23:09

    Boa noite.
    Eu tenho um chihuahua dear head de 5 meses com 1,9 kg.
    Estou a alimentá-lo com Royal canin chihuahua junior. Ele no inicio adorava a comida (no criador comia Campeão junior misturado com pate Lidl) mas agora já não a come com tanto entusiasmo e muitas vezes nem lhe toca. Já pensei em mudar para Acana puppy small breed ou tentar dar misturado com royal canin chihuahua.
    Será uma boa ideia?
    O veterinário deu-me paté Royal canin veterinário recovery para aumentar o apetite mas não toca muito nele. Se o misturo com ração não toca mesmo.
    Agora disse-me para tentar com o paté Royal canin appetite stimulation.
    Será?
    Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      29/09/2017 at 10:37

      Com animais caprichosos, é sempre difícil adivinhar de que alimento eles vão gostar. Vai ter mesmo que fazer tentativas para descobrir qual o alimento que ele aceita melhor. Para além de experimentar os patés, pode sempre tentar misturar a ração com um pouco de frango cozido, ou mesmo peixe, arroz, fruta, etc.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Eurico Conduto

    04/10/2017 at 20:05

    Boa noite, gostaria de saber a sua escolha de Ração para um Golden com 2 anos e meio.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      05/10/2017 at 18:02

      Bom dia Eurico.

      Ao longo deste artigo e das respostas às inúmeras perguntas que me têm colocado, já expus a minha opinião em relação a variadas rações, inclusivé quais os factores que devemos ter em conta na escolha das mesmas. Peço-lhe que os leia novamente, pois não será correcto eu estar a eleger um determinada marca em detrimento de outra. Essa escolha deverá ser feita pelo consumidor e, de preferência, em acordo com o aconselhamento do veterinário que segue o seu cão.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Miguel Miguel Almeida

    07/10/2017 at 23:21

    Tenho reparado nos vários posts, onde tem bom feedback na Hill’s, marca que tem derivados e falta de outros ingredientes/suplementos importantes.
    Não acha que é só nome?
    Miguel Almeida

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/10/2017 at 22:16

      Boa tarde Miguel.

      Também já deve ter reparado que quando não conheço determinadas rações, não me pronuncio sobre as mesmas. Ao longo do meu percurso profissional, quase sempre tive bons resultados (visíveis e quantificáveis) com a Hill’s, coisa que não posso dizer de outras rações igualmente conhecidas e classificadas como de boa qualidade. E afirmo isto com toda a convicção porque em várias situações específicas em que prescrevo uma ração da Hill’s com determinado objectivo, é extremamente raro não o alcançar. Já com outras marcas não posso assegurar o mesmo. No entanto, aceito perfeitamente que alguns animais não se dêem bem com rações desta marca por este ou aquele motivo. Isso acontecerá sempre com qualquer tipo de alimento, por melhor que seja a sua qualidade, pois tem a ver com particularidades que variam de indivíduo para indivíduo.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Catarina

    08/10/2017 at 19:13

    Boa tarde Dra Joana

    Gostaria de saber a sua opinião sobre as rações Brit Care, Petfield e Natura Greatness.

    Tenho um cão SRD com 7 anos e meio e tenho-lhe dado proplan senior. No entanto ele continua gordinho mesmo com redução da quantidade ração e pensei mudar-lhe a ração para as gamas light-senior das marcas acima indicadas. Ele tem um problema numa rótula e está a tomar condroprotectores e pelo que eu vi todas estas rações sénior incluiem clucosamina e condroitina.

    Gostaria ainda de lhe fazer uma outra questão:
    Tenho uma gata com 8 anos que actualmente come royal canin urinary moderate calories e pates specific urinary. Começou a comer esta ração depois de ter feito análises à urina e terem sido detectados muitos cristais e inflamação da uretra.
    A minha questão é: sempre foi gordinha (é viciada nas rações royal canin) e nunca gostou de beber água. Existem alguma outra ração mais indicada para a prevenção da formação de cristais e que os gatos aceitem bem (estive a ver a Hills ) ? Devo aumentar a quantidade de pate ( só dou um 1/3 de pate à noite). ? Em pequena ela chegou a comer hills mas troquei pela royal porque ela não tinha muito entusiasmo pela ração. Já com a royal virou aspirador de comida…
    Em todo o caso estou a ponderar comprar uma fonte de água para ver se ela ingere mais água.

    Obrigada Dra.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/10/2017 at 22:19

      Boa noite Catarina.

      Das rações que mencionou, apenas me é familiar a Pet Field. É uma ração de gama Premium, qualidade média/boa. Hoje em dia quase todas as rações têm Glucosamina e Condroitina, a questão é se estão em quantidade apropriada e se realmente estes componentes não perdem actividade aquando do processo de produção. Existem rações específicas para problemas osteo-articulares que, para além de controlarem a dor, também promovem a perda de peso, precisamente por este ser um problema para animais que já sofrem de uma condição que lhes compromete uma movimentação perfeitamente livre e confortável. Daí que no caso do seu cão, aconselho-a vivamente a dar uma ração específica para problemas articulares. São caras mas em geral os benefícios são notórios (ex. Hill’s j/d , Advance Articular Care, etc).

      Quanto à sua gatinha, pode sempre experimentar outra marca. A Royal Canin por norma, é muito palatável, e em geral os gatos comem-na bem. Com a Hill’s já pode haver alguma resistência, muito embora as fórmulas tenham vindo a ser melhoradas e hoje em dia também já quase todas têm uma boa aceitação. Mas estamos a falar de gatos e com eles nunca se sabe…! A opção de comprar uma fonte pode resolver-lhe o problema da ingestão de água, que num gato com problemas urinários é sempre muito importante.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sara batista

    10/10/2017 at 15:22

    Boa tarde doutora , gostaria se possível que me dissesse se a marca ANC fresh é boa ? Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/10/2017 at 22:22

      Boa noite Sara,

      Peço desculpa Sara, mas não conheço essa ração. É impossível conhecê-las todas pois são imensas.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Paula Rodrigues

    11/10/2017 at 18:56

    Boa noite Dra.
    Tenho uma Buldog francesa com 8 meses e imensos problemas intestinais, estava a comer hills i/d mas faz intolerância e passa da diarreia para prisão de ventre.
    A veterinária que a acompanha mandou dar uma ração normal fisiológica.
    Qual é a que me aconselha dentro da Gama hills ou royal?
    Desde já agradeço a disponibilidade.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      12/10/2017 at 22:25

      Cara Paula,

      Dentro das marcas que refere diria para optar pela Hill’s Canine Mini ou Medium (aqui só difere o tamanho do grânulo) e escolher conforme a faixa etária (Puppy, Adulto ou Adulto Neutered no caso de ser esterilizada). Se preferir Royal a mecânica será a mesma, sendo que a Royal também tem uma específica para Bulldogs.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Rui

    07/11/2017 at 10:22

    Bom dia

    Pode dizer-me o que pensa da ração da marca Advance ? Que outras marcas boas em relação qualidade/preço aconselha para um fila de São Miguel?

    Obrigado.

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      08/11/2017 at 20:12

      Até agora, embora ainda não seja uma ração com a qual trabalhe muito, tenho uma boa opinião relativamente à Advance. Os animais apresentam uma boa pelagem, fezes consistentes e em pequena quantidade e uma excelente palatibilidade. Os meus dois cães fazem actualmente a Advance Articular Care e estou satisfeita com o resultado.

      Quanto a outras rações também de boa qualidade e um preço mais reduzido, posso recomendar a Specific. Contudo, parece-me que a aceitação nem sempre é a melhor (é uma ração maioritariamente formulada à base de peixe, pelo que alguns animais podem não gostar tanto).

      Penso que com o seu cão pode experimentar uma outra, a qualidade é semelhante. Deverá escolher apenas uma adequada para cães de raça grande.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Marta

    12/11/2017 at 20:05

    Boa noite.

    Brevemente terei comigo uma Yorkshire Terrier que virá a comer Purina One. Gostaria de saber se é uma boa ração ou se devo trocar. Entre Purina ProPlan, Royal Canin e Specific qual aconselha? Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      14/11/2017 at 13:27

      Boa tarde Marta.

      Qualquer uma das três rações que mencionou são muito boas. A Pro Plan tem a vantagem de ter sabores diferentes (frango e salmão), o que permite ir variando. A Purina One é uma gama mais baixa, vendida em supermercados.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Sergio Santos

    14/11/2017 at 16:21

    Boa tarde,

    Interessante informação! Obrigado Dra!
    Tenho uma gata que tem já mais de 7 anos e uma com 2, estava na dúvida da rações para cada uma:
    Royal Canin Senior Stage 1 Balance – Vet Care Nutrition ou Royal Canin Sterilised 7+ para a mais velha
    Royal Canin Vet Care Nutrition – Neutered Young Female ou Royal Canin Sterilised 37 para mais nova
    Já tive um gato com problemas urinários que chegou à cirurgia, outro com doença renal crónica, preciso investir na prevenção, mas analisando os valores químicos, torna-se confuso pois não sei o que considerar! O que aconselha?

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      15/11/2017 at 15:48

      Boa tarde Sérgio.

      Numa situação como a sua, com uma gata sénior e uma gata adulta, optaria por dar a Stage 1 a ambas. A gata mais nova pode compensar o valor nutricional mais controlado pela quantidade de comida ingerida.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

      • Sergio Santos

        16/11/2017 at 13:59

        Obrigada Dra, mas relativamente à possibilidade de separação, cada uma comer a mais adequada à idade, aconselharia a linha veterinária em vez da linha mais comercial? E relativamente às rações sem cereais como a naturea? O que acha? São rações que não especificam as idades, no entanto é estranho e tão diferente do que consideramos “normal”.

        Responder

    • Sergio Santos

      16/11/2017 at 18:44

      Ou ainda Dra, desculpe, é o que faz pesquisar! Rações como a Naturea, sem cereais, e generalizados para qualquer idade do animal. Aí nesse caso até estava a pensar também para a nossa cadela!

      Responder

      • Bola de Pêlo
        Bola de Pêlo

        18/11/2017 at 14:50

        Bom dia Sérgio.

        Respondendo às suas duas questões:

        De facto a Naturea não enquadra as rações em estadios etários pois defende que os animais em vida selvagem também comem sempre a mesma coisa atá ao final da sua vida. Esta ideia tem alguma lógica mas a verdade é que os nossos animais também não vivem em estado selvagem e por vezes acabam por ser necessárias algumas variações na alimentação administrada ao longo da sua vida.

        As rações sem cereais, muito em voga nos tempos que correm, não são a panaceia para todos os males. Tem-nos sido relatado, muitas vezes até, que alguns animais alimentados com rações grain free acabam por desenvolver diarreias ao fim de algum tempo. A questão das alergias tantas vezes apontada como sendo consequência da presença de cereais na ração nos animais, está maioritariamente relacionada com o tipo proteína, pelo que a utilização deste tipo de rações nem sempre é a solução para evitar os problemas do foro alérgico.

        Assim, se quiser experimentar uma ração destas, pode fazê-lo. Se as suas gatas reagirem bem, poderá manter a mesma ração para as duas. A outra solução que lhe apresentei, de dar a stage 1 a ambas, embora uma não seja sénior, também é viável, mas nesse caso optaria pelas dietas veterinárias em vez das comerciais.

        Joana Brito
        Médica Veterinária

        Responder

        • Sergio Santos

          20/11/2017 at 22:17

          Compreendido. Mas a Stage 1 é dieta veterinária certo? Sem ser uma especifica para uma doença.

          Responder

  • Filipe Gomes

    03/12/2017 at 10:32

    Boa dia Dr.ª Joana,

    Antes de mais muitos parabéns pelos prestáveis esclarecimentos.
    Possuo um leão da Rodésia com 2 meses. Depois de alguma pesquisa fui a um vendedor com a intenção de comprar a Purina Pro Plan puppy large breed para dar ao cachorro. Fui recomendado a adquirir antes a Arion titanium Growth que o vendedor anunciou como sendo uma ração premium (ou super premium) em muito superior à pro plan. Tenho procurado algumas opiniões mas pouca gente conhece a ração. Se possivel gostaria de colher a opinião da Dr.ª, pois pelo menos até aos 12 meses quero dar uma ração que seja muito boa, mas também não consigo pagar cerca 80 € pelas rações premium mais conhecidas. Deixo aqui a composição da Arion :

    Ingredientes: Carne de peru desidratada (min. 32 %), arroz, trigo, óleo de salmão (min. 8 %), extratos de proteínas vegetais, atum, polpa de beterraba, proteína concentrada de milho, fibra dietética, proteína hidrolisada de frango, lecitina, FOS, MOS, ovo desidratado, glucosamina e sulfato de condroitina.

    Obrigado

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      04/12/2017 at 18:19

      Caro Filipe,

      Lamento dizê-lo, mas também não conheço essa marca. A composição parece-me boa mas, como já tenho referido noutras respostas, a afirmação de uma marca faz-se não só pelo rótulo, mas também pelos resultados visíveis da ração nos sinais exteriores que os animais nos evidenciam. Como desconheço essa marca mão posso emitir opinião. Nada como experimentar durante pelo menos 15 a 20 dias e ver como o seu cachorro se dá: avalie as fezes (consistência, volume e frequência de defecação), a apetência, o aspecto do pêlo, etc.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Maria Osório

    05/12/2017 at 18:22

    Boa noite Dra. Joana,

    Tenho um dog de bordeaux com 1 ano e 5 meses e sempre lhe dei royal canin, ao inicio dava royal giant júnior pediátrica, depois mudei para a hill’s J/D quando ele foi operado a uma pata.
    Queria saber a sua opinião acerca da ração royal canin e acerca da taste of the wild.
    Pois já ouvi muitas opiniões diferentes a cerca de uma e de outra e queria saber qual a melhor para lhe dar neste momento.
    Se conhecer outra que seja ideal para esta raça agradecia que me informasse 🙂

    Obrigada!

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      06/12/2017 at 18:48

      Cara Maria,

      Embora a sua questão não se dirija para esta ração, a minha preferência vai, sem sombra de dúvida para a Hill’s j/d. Desconheço a razão porque o seu cão foi operado a uma pata, mas se o motivo for algum problema que possa não ter ficado completamente resolvido, ou se há situações em que o seu cão apresente dor, desconforto ou alguma dificuldade de locomoção, e tratando-se de um cão de raça gigante, aconselho vivamente que o mantenha com a j/d (a não ser que ele não goste).

      No caso dessa cirurgia ter sido feita por um acontecimento pontual e cujo problema ficou resolvido, então não necessitará de uma ração terapêutica, mas convém que faça uma ração de muito boa qualidade. Mais uma vez voto na Hill’s, mas também pode optar por qualquer uma das marcas que referiu. Confesso que não conheço o suficiente a Taste of the Wilde para poder opinar.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

  • Cátia Ribeiro

    10/12/2017 at 16:31

    Boa tarde Dra. Joana
    Ontem resgatei da rua um gato com aproximadamente 1 ano.
    Como nao tinha mais nenhuma raçao para lhe dar e ele tava cheio de fome, administrei-lhe Royal Canin Feline Neutered Young Male, pois ainda tinha aqui em casa do meu anterior animal de estimação, que entretano já faleceu.
    A questao é a seguinte: Visto que ele ainda nao está castrado, posso continuar a dar-lhe esta raçao?
    Qual a sua opiniao em relaçao à mesma?
    Obrigada

    Responder

    • Bola de Pêlo
      Bola de Pêlo

      11/12/2017 at 13:36

      Cara Cátia,

      Mesmo não estando esse animal esterilizado, poderá dar-lhe essa ração, desde que ele não se encontre mal-nutrido, uma vez que a mesma tem um valor calórico mais reduzido, o que poderia ser contraproducente se o animal em questão necessitasse de, por agora, colmatar alguma necessidade específica.

      Joana Brito
      Médica Veterinária

      Responder

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos assinalados com * são obrigatórios


© Copyright 2008-2017 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)

Powered by iFlexi OpenSite