A Importância da Desparasitação

Crianca-e-animal-no-jardim-2-red.jpg

20/05/2016

Os dados que existem actualmente indicam que, na União Europeia, cerca de 90% dos detentores de cães e gatos, tratou pelo menos uma vez durante o último ano o seu animal de companhia contra os parasitas externos. Contudo, apenas 70% realizou algum tratamento contra os parasitas internos, e além disso não o fez de forma regular (a maior parte das pessoas retém a ideia errada de que este tipo de parasitas só aparece nos meses de calor, pelo que não tratam os seus animais nas alturas mais frias do ano).

Kiko-4-red.jpg

14/03/2015

Sim, os cães e os gatos têm piolhos. São piolhos de espécie diferente daqueles que nos afectam, pelo que não são transmissíveis aos humanos, e são bem mais fáceis de tratar. Os piolhos que nos afectam são muito activos e mexem-se depressa; os dos cães e gatos são praticamente imóveis. Os piolhos que infestam o Homem gostam de cabelos limpos; já os que infestam cães e gatos preferem pêlo sujo. É por isso que não é comum ver animais saudáveis e bem cuidados com piolhos. Contudo, animais mal nutridos e negligenciados podem ser infestados.

Pulgas-cao-e-gato.jpg

24/08/2013

As pulgas são o parasita externo que mais afecta os cães e os gatos. Elas adoram calor e humidade e são atraídas pelo calor corporal dos animais. Dotadas de pernas muito fortes, são capazes de saltar de um animal para outro com enorme facilidade, especialmente quando muitos animais coabitam no mesmo espaço.

© Copyright 2008-2017 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)

Powered by iFlexi OpenSite