O seu cão tornou-se agressivo? Sabia que a causa pode ser a dor?

06/03/2014
cao-agressivo-685x456.jpg

Os cães podem, por vezes, exibir períodos súbitos de agressão sem que os seus donos percebam o porquê. Muitas vezes estes ataques podem ser despoletados por situações de dor não diagnosticada nem tratada. Neste âmbito, foi desenvolvido um estudo em Barcelona, que descreve as características desta irritabilidade e que pode tornar animais já de si conflituosos em animais agressivos ou violentos.

Há muitos factores que podem explicar a agressividade em cães, desde as condições em que a mãe foi mantida durante a gestação, o manuseamento dos cachorros durante a fase neonatal, a idade do desmame, as experiências do cachorro durante a fase de socialização, a dieta, o exercício, a genética e o emprego de técnicas punitivas durante o crescimento do cão. Contudo, o comportamento agressivo pode surgir como consequência de uma doença existente que cause dor.

Entre 2011 e 2012 um grupo de investigadores da Universidade Autónoma de Barcelona estudou um grupo de 12 cães, de raças médias ou grandes, com problemas de agressividade. Todos foram diagnosticados como tendo agressividade causada pela dor. Dos 12, 8 sofriam de displasia da anca.

O estudo mostrou que os cães que já eram agressivos antes do início da crise de dor, atacavam os seus donos de forma muito mais intensa e frequentemente quando a comida lhes era retirada, quando eram retirados da sua área de descanso ou quando eram forçados a fazer algo. Por outro lado, aqueles cães que nunca tinham sido agressivos começaram a ter este tipo de comportamento sempre que era feita uma tentativa para os controlar. Estes cães faziam-no de forma mais compulsiva, sem aviso prévio, ao contrário dos que já eram agressivos anteriormente.

Os investigadores concluíram que se o cão é manipulado quando atravessa uma situação de dor intensa, rapidamente age de forma agressiva de forma a evitar mais desconforto sem que o seu dono tenha tempo para se prevenir.

Este texto é uma tradução. Poderá ler o artigo original aqui.


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos assinalados com * são obrigatórios


© Copyright 2008-2017 Bola de Pêlo, Lda (Todos os Conteúdos)

Powered by iFlexi OpenSite